Februar 24

Anjo que se foi

Nosso  anjo

saido das entranhas brancas,

brancas de operações.

Chegou bem devagar,

se instalando em coraçōes,

avançando em ilusões

sorrateiras.

Suas marcas me sensibilizaram

sua docura e brandura

me acalmaram.

Fiquei feliz

na luz do sol

no sabor

no calor

por nos permitir

de uma forma quase normal

sorrir….

Ainda uma vez…

Adeus meu doce anjo de um olho só

seja feliz agora além

da dor

sem cor…

 

Com carinho para H.♥

 

 

Share This:

Februar 8

Nachdenken/Pensamento

Das Schiksal wird schon seine Gründe haben/ O destino terá, com certeza,  seus motivos.

Tradução livre.

voltaire

Share This:

Dezember 31

Contudo…

O tempo passa.

A vida acontece.

A distância separa.

As crianças crescem.

Os empregos vão e vêm.

O amor fica mais frouxo.

As pessoas não fazem o que

deveriam fazer.

O coração se rompe.

Os pais morrem.

Os colegas esquecem os favores.

As carreiras terminam.

Os filhos seguem a sua vida

como você tão bem ensinou.

Mas… os verdadeiros amigos estão

lá, não importa quanto tempo e

quantos quilômetros estão entre vocês.

Um amigo nunca está mais distante

do que o alcande de uma necessidade, torcendo por você

intervindo em seu favor e esperando

você de braços abertos,  e

abençoando sua vida!

E quando a velhice chega, não existe

papo mais gostoso do que os dos

velhos amigos… As histórias e recordações vividas

juntos, das viagens, das férias, das

noitadas, das paqueras… Ah!!! Tempo

bom que não volta mais… Não volta,

mas pode ser lembrado numa boa

conversa debaixo da sombra de uma

árvore, deitado na rede de uma

varanda confortável ou a mesa de

um restaurante, regada a bom vinho,

não com um desconhecido, mas com

os velhos amigos.

Quando iniciamos esta aventura

chamada VIDA, não sabíamos das

incríveis alegrias ou tristezas que

estavam adiante, nem sabiamos o

quanto precisaríamos uns dos outros.

 

Rolando Boldrin

 

Feliz ano novo à todos as pessoas de boa vontade! Feliz ano novo aos meus amigos(as) companheiros(as) desta vida!

Obrigada querida Ritinha por compartilhar comigo esta linda mensagem de Rolando Boldrin.

 

Saudades!♥

Beijos.

 

 

 

 

 

Share This:

Dezember 26

Nada de promessas…

Nem prá este natal, nem pro ano novo!Me sinto absurdamente cansada de promessas para mim mesma… „I promised  may self „- me lembrei da música linda,  me tocou tanto! Um dia perguntei para minha amiga de décadas (Lurdinha), que também curtia a música e sempre foi mais competente em línguas estrangeiras que eu – o significado de „I promised may self“.  Fato é que nunca mais esqueci as „promessas para mim mesma“ e muitas vezes me sinto realmente injuriada de promessas. Assim… Não quero estar me desculpando por um post atrasado de natal e nem os recados atrasados de feliz natal que estive postando hoje… claro que para amenizar um pouco a culpa, estive explicando que na Alemanha hoje ainda é natal… Sim, o segundo dia de natal. Sem dúvida uma excentricidade alemã – como se pode pensar em dois dias de natal? Demorei bastante para me adaptar e me organizar para três dias especiais de festa, mas atualmente acho prático, pois se em  um ou dois dias tem que se trabalhar, no terceiro pode-se relaxar e aos poucos aprendi a não me contaminar pelo stress e correria que antecedem os dias de festas. Não me importa a correria das pessoas , ou os estacionamentos lotados de carros e muito menos listas de presentes e compras. Tudo fica muito mais simples e intenso quando priorizamos o que realmente é importante para as pessoas que estimamos, incluindo a nós mesmos. Resolvi que  faria neste período tão especial do ano  apenas o que fosse  essencial e posso afirmar que o mundo não veio abaixo… tudo está ok! As preocupações prevalecem, mas hoje resolvi que tudo fica adiado para outros dias, hoje foi o meu dia livre e decidi que não faço nenhuma promessa para o próximo ano.

Os dias me esperam para pequenas e grandes realizações… saúde é o que interessa, o resto não tem pressa!

Beijos e

tudo de bom!

Share This:

Dezember 10

De Mulher para Mulher

Até porque penso que nenhum homem deste planeta possa realmente entender o universo feminino: Um complexo desgraçado ou engraçado (como se queira interpretar) de sentimentos, medos, procupações, alegrias, amores e neuras. Logicamente não se pode generalizar, mas assim me percebo, me sinto e assim percebo muitas das minhas relações do sexo feminino. O universo masculino há muito tempo procuro sim compreender, desde os tempos de infância, quando meu meu pai me parecia mais um muro do que que uma pessoa. Assim, falando enquanto mulher para mulheres percebo uma tênue possibilidade de ser entendida, se é que alguém pode ou quer ler este post, afinal o  mundo virtual é outra complexidade entre pessoas, prioridades e sentimentos.

Antes que eu me perca pensei em escrever sobre a idade, as rugas, a deformação corporal, psicológica, espiritual… os tormentos de uma mulher que ultrapassou o 1/2 século de vida. Não sei se é o caso da maioria, mas sei que este é o meu caso… Sim, passei dos 50, nem eu mesma acredito! Mas este é o fato! Procuro entender os preconceitos, as posições das pessoas que estão próximas a mim nesta fase da minha vida. Se estivesse muito preocupada com a opinião delas, estaria muitas vezes deprimida. É óbvia a linha de divisão entre jovens e não-jovens ou jovens e velhos? Algumas vezes me sinto assim… quando me defronto com o comportamento dos meus (alguns) colegas de escola ou vida de forma geral.

Por que escola? Claro, na busca de perspectivas concretas de trabalho, aposentadoria, seguro de saúde num país que não é o meu, me vi forçada a voltar para os bancos de escola, a qual estou prestes a finalizar (Graças a Deus!). Como eu poderia definir esta opção? Complicada, mas necessária! Quais entraves? O idioma,  a idade, o saco! Claro… nada acontece por acaso… estamos nesta vida para aprender…sempre, em qualquer lugar, em qualquer cultura. Conselho? Há alguém que precisa? Há alguém que gostaria de um? Há alguma mulher que necessita urgentemente de se sentir de novo uma pessoa? Há alguma mulher que gostaria imensamente de novo se encontrar? Encare seus problemas nus e crus, arregasse as mangas e vai fazer o que você tem que fazer? As lágrimas? Você pode secar! Os medos? Você pode superar… se você quiser… Se você nao puder? Procure ajuda!

 

Beijos e lindo fim de semana!

 

Share This:

November 20

Erkläre mir die Liebe/Me esclarece o amor

Wie zwei Köter unterm Himmel/Como dois vira-latas sob o céu
immer weiter Richtung Nacht./Sempre em frente direção noite
So verloren, so verschieden,/tão  perdido, tão diversificado
weißt du was du eigentlich willst?/Você sabe na verdade o que você quer?

Wann kommst du mich holen,/Quando você virá me pegar
aus dieser Dunkelheit?/Desta escuridão
Sag wo, wo bist du?/Diga onde, onde voê está?

Erkläre mir das Leben./Me esclarece a vida
Ich weiß nicht wie es geht./Eu não sei como é

Wie zwei Füchse zu Polarmeer,/Como duas raposas para o Ártico
immer weiter Richtung Nacht./Sempre em frente direção noite
Hab so lange nicht geschlafen,/Há tempo não durmo
weißt du was du eigentlich brauchst?/Você sabe na verdade o que você precisa?

Wann kommst du mich holen,/Quando você vem me pegar
im heißen Julischnee?/Na neve quente de junho?
Zweimal Sommer und zurück./Duas vezes verão e de volta

Erkläre mir das Leben./Me esclarece a vida
Ich weiß nicht wie es geht./Eu não sei como é

Erzähl mir von der Liebe./Me conta sobre o amor
Ich hab sie nie gesehen./Eu nunca o vi

Erkläre mir die Liebe./Me esclarece o amor
Ich hab sie immer schon verloren./Eu já  o perdi sempre .

 

 

Linda semana!

Beijos ♥

Share This:

November 16

Zum nachdenken/Para pensar

Ich glaube, dass die einzig wahre Religion darin besteht, ein gutes Herz zu haben.

Eu acredito que a única Religião verdadeira é ter um bom coração.

-Dalai Lama-

Share This:

November 4

Hänchensandwich a la vita/Sandwich de frango a la vita

2.  Hänchen/Frango

Zutaten: Ingredientes

1 Päckchen Butter Toast/um pacote de pão sovado

1/2 Kilo Brust/1/2 quilo de peito de frango

02 Knoblauchzähen/dois dentes de alho

1/2 Glas Miracel Whip (leicht)/meio vidro de mayonnese leve

Rote Zwiebel  (nach Geschmack)/cebola lilás (ou branca) a gosto

Schwarz Pfeffer (aus der Mühle, nach Geschmack)/ pimenta preta moída

Trockene Chili-Paprika-Salz (aus der Gewürzmühle, nach Geschmack)/ pimenta vermelha-pimentão-sal

Kräuterlinge – Knorr (Frühlings Kräuter zum Streuen)- cheio verde extra

Hähnchen Zubereitung/Preparação do frango

Ene Masse mit den Knoblauchzähen und etwas Salz vorbereiten/ socar os dentes de alho e juntar um pouco de sal

Brust in streifen schneiden/cortar o frango em pequeno pedaços

In einen Topf etwas Rama Culinesse oder einfach Pflanzen Creme (Bellasan)

geben/ Kann Man auch öl benutzen/ Em uma panela colocar a manteiga ou óleo

Dazu die Knoblauch/Salz Masse fügen/ colocar a masse de sal com alho

Die gestreifte Hähnchenbrust und die Gewürze einfügen, außer Kräuterlinge/acrescentar os pedaços de frango e temperar a gosto (reservar o cheiro verde)

Etwas fritieren, aber sollen nicht hart werden/fritar um pouco o frango, mas eles devem permanecer macios

Heißes Wasser einfügen/acrescentar água fervente

Nach Geschmack noch Mal würzen/Kochen lassen/ eventuel temperar de novo

Die Belege:/recheio

Die gekochte kalte Hähnchenbruste mit der Gabel zerqueschen/ esmigilhar com um garfo o frango cozido

Miracel Whip und etwas Kräuterlinge einfügen/acrescentar a mayonnese e algo do cheiro verde

Die Zutaten zusammenmischen/misturar bem tudo

Eventuell wieder würzen/ a gosto temperar novamente

Weitere Prozesse wie beim Thunfisch nach machen!/ daqui em diante proceder como com os sandwiches de atum

Guten Apetit und/bom apetite e

Viel Spaß!divirta-se!

Tipp: Die Sandwiches können/sollen ein Tag vor der Party vorbereitet werden, dann in Kühlschrank bewahren/os sandwiches podem/devem ser preparados um dia antes da festa, até lá manter em geladeira

Ps. Weitere Fragen und Orthographische/grammatikalische

Verbesserungsvorschläge sind willkommen ♥

Share This:

November 1

Sandwiches a la vita

Wie vesprochen, schreibe  ich hier wie  man die leckereste Toast Sandwiches auf dieser Welt macht/ Como prometido , escrevo aqui hoje como se faz o sanduiche mais delicioso do mundo:

  1.  Tonno: /Atum

Zutaten/Ingredientes

1 Päckchen Butter Toast/Um pacote de pão sovado

1 Dose Thunfisch in Wasser gelegt/ Duas latas de atum conservados em água

 1/2 Glas Miracel Whip (leicht)/Meio vidro de mayonnese (Miracel Whip) leve

Rote Zwiebel  (nach Geschmack)/ Cebola lilás ou branca

Schwarz Pfeffer (aus der Mühle, nach Geschmack)/ pimenta-do-reino (a gosto)

Trockene Chili-Paprika-Salz (aus der Gewürzmühle, nach Geschmack)/pimenta vermelha, pimentão-sal moídos

Kräuterlinge – Knorr (Frühlings Kräuter zum Streuen) cheiro verde seco Knorr (ou outro)

Zubereitung: Preparação

Toast Ränder ausschneiden/cortar as bordas do pão

Wasser aus der Thunfisch weg werfen/escorrer a água do atum

Thunfisch mit der Gabel zerqueschen/com um garfo esmagalhar o atum

Zwiebel – klein quadratisch schneiden/zum Fisch einfügen/cortar a cebola em pequenos quandrados

Fisch mit Pfeffer und Chili-Paprika- Salz würzen/temperar o atum com pimenta-do-reino e pimenta vermelha com pó de pimentão e sal

Mirecel Whip einfügen/acrescentar a mayonne

Alles zusammen mischen bis eine homogene Masse entsteht/misturar bem todos os ingredientes

Dazu etwas Kräuterlinge geben/acrescentar cheiro verde

Eine Scheibe Toast mit einer gute Portion von der Masse belegen/rechear a primeira fatia de pão com uma boa porção do recheio

Eine zweite Scheibe drauf sanft stellen/ colocar suavemente a segunda fatia de pão sobre a primeira

Der Erste Sandwich ist fertig/  Dreieckig durch schneiden – o primeiro sanduiche está pronto/ cortar ao meio, obtendo a posição triangular

Guten Apetit!

PS.:Weitere Infos S. Post Hänchensandwich/Para obter outras informações veja o post sandwich de frango

 

 

 

 

 

 

 

Share This:

Oktober 25

Uma caipira em Berlim

A típica Alemanha cinza predomina lá fora. Folhas coloridas e outras já secas  cobrem de forma desordenada as calçadas e esquinas. Bandos de gansos selvagens e pássaros já buscam o aconchego do verão no sul do continente ou norte africano. Nós humanos, plantados nas nossas obrigações e rotina aqui ficamos, tentando desesperadamente nos acostumar com os dias escuros, curtos, nebulosos e úmidos. Nos apegamos ao aconchego da casa quentinha, às luzes extras das velas e nos alegramos  com a chegada, em algumas semanas, do tempo de advento – outra oportunidade para encher o ambiente de cheiro de canela, chocalate, pinhos e natal. Tive sorte de, neste meio tempo, poder fugir um pouco de dias pesados de trabalho e preocupações com os trabalhos e provas finais do meu novo curso profissionalizante. A pressão é grande, o desafio me parece algumas vezes mais poderoso do que minha capacidade física, psiquíca e intelectual. Assim, não pensei muito, e, aproveitando também a última semana de férias de outono das filhotas fui me aventurar pela capital alemã. Pela primeira vez tive que realmente estudar a lógica de funcionamento da rede de trens urbanos de Berlim. Fiquei com receio de não conseguir chegar ao Brandenburger Tor, perdida que estava entre linhas de trens em lilás, laranja, marrom, beje… e… caramba… num sistema circulatório de horários e anti-horários. Sacanagem! Não havia Google maps que realmente nos ajudaram no sistema de trens subterrâneos de Berlim. Contudo, com uma boa dose de calma e humor conseguimos interpretar o mapa de papel que guardei na bolsa com tanto cuidado quanto minha própria carteira. No final das contas, depois que se sabe parece mais uma brincadeira de criança andar de trem prá lá e prá cá com tikets para um dia completo que são bem mais econômicos do que os isolados.

 Berlim assusta e fascina ao mesmo tempo! Tanta História e curiosidades em cada esquina, cada prédio, cada monumento… Por outro lado, na correria de toda cidade grande os rostos desconhecidos, cansados e alguns becos onde a marca de pessoas que abandonaram as perspectivas de vida pode ser vista e sentida. A cidade grande me assusta, mas ao mesmo tempo me fascina. Já tenho planos de voltar prá lá e concretizar o sonho de observar Berlim e seus encantos sob a ótica do Rio Spree. Enquanto isso vivo cada dia em Hunsrück na batalha contra os desafios, os preconceitos, as maldições e bendições de uma vida de despatriada com saudades e preocupações com o nosso Brasil que parece que deixou de ser brasileiro desde que optou por uma linha política estranha, esquisita, que ninguém entende, aceita ou realmente rejeita. „Brasil! Mostra a sua cara…!“

Beijos!

Lindo fim de semana!

Share This: