Archive for Agosto, 2019

50 + e suas vantagens

Quinta-feira, Agosto 22nd, 2019

Ser feliz com você mesma, por que não? Estava pensando que passamos muito tempo de nossas vidas esperando confirmações para as nossas existências, nossas atitudes e posicionamentos. Nos alegramos com os elogios, nos entristecemos, nos revoltamos com as críticas negativas. Eu sou apenas uma destas pessoas que se importam sim com as críticas negativas à minha pessoa, aos meus atos e me sinto sim feliz quando vivencio certo reconhecimento ao meu trabalho e calor humano. O que no fundo é apenas uma das características do ser humano. No entanto estou trabalhando no duro processo de me desapegar ao máximo das opiniões alheias e focar-me em reflexões baseadas apenas em opiniões sérias, fundamentadas. Uma grande vantagem que as décadas vividas nos propiciam é exatamente a sensibilidade para captar muito rápido uma intenção negativa no ambiente e aceitar imediatamente o jogo com a certeza de emplacar gols. Esta semana vivenciei várias situações assim, mas decepções quando trabalhadas em perspectivas positivas podem nos catapultar para contextos extremamentos positivos.

Me sinto sim feliz com as 50 décadas nas costas. Elas estão me fazendo um bem danado! E, quanto às críticas negativas só tenho que agradecer, afinal elas me lançaram na corrida contra as minhas próprias limitações!

Viva la vida!

Besos!

Ruf mich an! Por que mich e não mir?

Terça-feira, Agosto 13th, 2019

I Parte:

Simplesmente porque os verbos em alemão exigem um determinado “caso”. Isso significa que se o objeto se apresenta na forma acusativa (Akkustiv), dativa (Dativ), nominativa (Nominativ) ou genitiva (Genitiv) depende do emprego do verbo na elaboração da frase.

Exemplos:

O verbo telefonar (anrufen) exige o caso acusativo – quem (Akkusativ – wen). Assim: Kannst Du, bitte mich anrufen?/ Você pode, por favor telefonar para mim?

Agora já o verbo agradar exige o caso dativo – a quem? (Dativ – wem). Assim: Deine neue Hose gefällt mir/ Sua nova calça me agrada.

Os verbos acusativos também são denominados transitivos. Outros exemplos: Comer (essen), ter (haben), ouvir (hören), comprar (kaufen), conhecer (kennen), amar (lieben), pintar (malen), gostar (mögen), pegar/tomar (nehmen), ver (sehen), escrever (schreiben), procurar (suchen), beber (trinken)…

Fonte: Deutsch perfekt – Ein Sprachmagazin der Zeit Gruppe

Por hoje é o bastante!

Beijos!