Ärger in Deutschland (aborrecimento na Alemanha)

Tenho que pedir perdão para o povo do Chile, Afeganistão, países africanos e todos àqueles que eu sei encontram-se agora em uma situaςão muito mais desesperadora que a minha. Contudo peςo licenςa e como estou chata hoje (particurlamente) tenho que escrever coisas chatas.  Quero muito compartilhar algumas coisas que eu “quase” nao suporto neste país, mas tenho que fazer e sem reclamar!

  • Lavar os cabelos antes de ir à cabelereira, pois senão tenho que pagar 10 Euros extras – cerca de 25 Reais;
  • Confiar na pontualidade dos alemães e chegar atrasada em um compromisso importante;
  • Perder tempo em tirar o calcário da água que se acumula em tudo por onde permanece por alguns minutos;
  • Esquecer de levar para as compras sacolas ou caixas para transportar depois o que foi comprado por mim;
  • Ser atendida por funcionários de loja ou supermercados que tratam  clientes como “ninguém”;
  • Levar todas as suas compras de supermercado para o carro e depois para dentro do apartamento (são mais de 30 degraus de escada);
  • Colocar eu mesma gasolina no carro, ajudar  na troca de pneus (verão/inverno), lavar os pneus que serão guardados, calibrar os atuais, verificar óleo;
  • Dirigir com marido do lado, dirigir atrás de um trator a 10, 15 ou 25 por hora;
  • No verão: Cortar grama / me estressar com os mosquitos que teimam em pousar nas carnes e saladas do nosso churrasco/ Jogar o nosso lixo biológico no recepiente (tonne: uma espécie diferente de barril) destinado para todo o bio da casa / lavar o mesmo;
  • No inverno: kratzen- tirar gelo do parabrisa do carro, caminhar sobre o gelo correndo o risco de cair um tombo e quebrar um osso; tirar a neve da entrada e do passeio da casa para as outras pessoas (meus vizinhos antipáticos)/ limpar a lareira;
  • No ginecologista: tirar primeiro a “parte de baixo” e ser examinada na  “parte de baixo” /voltar para a cabine para então vestir a “parte de baixo” e tirar a “parte de cima” para então ser examinada na “parte de cima”;
  • Pedir no dentista para que faςam uma “limpeza” nos meus dentes e deixar claro que eu vou pagar extra para isto, pois o que não se paga extra (o seguro já é bem caro) é só o fato do dentista olhar para a sua boca…

Sinceramente não gosto de reclamar, mas hoje eu precisava de um espaςo para “lavar a alma”.

Beijos.

Tags: , , , ,

2 Responses to “Ärger in Deutschland (aborrecimento na Alemanha)”

  1. Kattie diz:

    ӏ’d like to thank you for the efforts you have put in penning this blog. I am hoping to view the same high-grade content from you later on as well. In truth, your creative writing abilities has encouraged me to get my own, personal website now ;)

  2. bh diz:

    Eu quеrо agrаԁecer а
    νocê por esta excelente leiturа! Еu definitivamentе ameі
    cаda ρedacіnho delа. Eu tenho o endereco de seu site para verificar o novo
    material que você рostar.

Leave a Reply

*