Errar é umano ou Humano (?) !

Educaςão:

"Es ist normal, veschieden zu sein" - "É normal ser diferente"

muitos adultos e crianςas têm dificuldades em admitir os próprios erros já que corrigí-los geram sentimentos desagradáveis como vergonha e culpa. Por isto  pode ocorrer que uma crianςa (ou mesmo um  adulto!)  estrage algo pertencente à uma outra crianςa ou adulto e se recuse a admitir sua responsabilidade. Se os pais se tornarem cientes do problema devem diretamente conversar com  a crianςa sobre o mesmo. “Importante: deve-se ressaltar não apenas  a atitude que não está correta, porém sobretudo quais as atitudes adequadas a serem tomadas futuramente. Em nenhum caso está permitido a sua desvalorizaςão enquanto pessoa “, nos esclarece Karin Jacob na Conferência Estadual de Aconselhamento Educacional. Os pais devem esclarecer aos seus filhos que cometer erros são inerentes à vida. Os errros nos permitem aprender e nos favorecem oportunidades para aprimorarmos nossos talentos e habilidades. Em uma próxima situaςão seremos capazes de  “fazer melhor”! Logicamente, nós enquanto pais e educadores devemos ser os exemplos ideais, ou seja, que sejamos capazes de admitirmos  e vivenciarmos nossos próprios erros e saibamos como trabalhá-los. Deste processo doloroso e necessário faz parte a busca em conjunto de caminhos que nos levam não só a corrigir nossas falhas, mas  a nos enriquecermos com a experiência negativa.

Traduςão do texto “Das Eingestehen von Fehlern vorleben”:  Rhein-Zeitung

Beijos e uma linda semana!

Tags: , , ,

One Response to “Errar é umano ou Humano (?) !”

  1. Neusa diz:

    Nao pude deixar de transportar para cá um comentário fantástico que um primo muito querido (Mozart Cortez) fez no face, após a publicacao deste post:

    “Errar é tão próprio da natureza humana que exigir das pessoas que NÃO ERREM é cruelmente desumano.”

Leave a Reply

*