Fragmentos de Memórias Autorizadas – Resenha

Experiências Reais de quem sobreviveu à Segunda Guerra Mundial

Relatos autênticos, escritos para todos os interessados na História Contemporânea Alemã.

Fragmentos de Memórias Autorizadas focaliza as experiências de pessoas que sobreviveram à Segunda Guerra Mundial, uma das fases mais obscuras  e complexas da História Mundial.

Um livro com informações absolutamente autênticas – destiladas de fontes únicas. Refere-se à depoimentos muito pessoais de algumas das “Testemunhas do Tempo”, ou “Filhos da Guerra” – a última geração alemã que vivenciou esta guerra na própria pele. Geração esta que através de seus relatos e registros tem contribuído, decisivamente, na Alemanha atual, para a conscientização nacional de que os erros do passado não devam se repetir em território germânico.

As raízes da intolerância cultural, religiosa e racial devem ser decepadas definitivamente do país, afirmam os “Filhos da Guerra”.

Os depoimentos foram escritos de forma bastante compreensível para todas as pessoas que têm interesse na História da Alemanha Contemporânea e Mundial.

9 Responses to “Fragmentos de Memórias Autorizadas – Resenha”

  1. Victoria diz:

    Parabéns Neusa e muito sucesso!
    Tudo de bom sempre!
    Beijos.

  2. Neusa diz:

    Obrigada querida, pela sua maravilhosa visita e presença constante em minha vida!
    Beijos!

  3. Querida Neusa,
    Já li seu livro 1,5 vezes. Quando chegou comecei pelo meio, depois pelo começo e agora o estou acabando de novo. É de um valor histórico indescritível! Nele percebe-se também a sua natureza doce, meiga, muito empática. Com certeza você fez/faz bem a cada um que conhece ou visita!
    Um beijo no coração e aguarde meu livrinho!
    Muito obrigada pelo belo presente, adorei!
    Um beijo amigo,
    Sandra

  4. Neusa diz:

    Muito obrigada querida Sandra por sua visita e seu comentário tão positivo! Estou aguardando com ansiedade sua mais nova produção literária! Já sei que terei em mãos ótima leitura com muita informção e entreterimento!
    Um grande abraço e ótima semana ainda!

  5. Querida, amiga, Neusa Arnold-Cortez, ontem terminei a leitura do seu livro “Fragmentos de Memórias Autorizadas”. O que dizer? Apesar das histórias de vidas sofridas e que nos remetem a uma realidade jamais vivida (esperamos nunca passar por isto), o livro ficou maravilhoso, nos permite mergulhar em cada história narrada na busca por um entendimento. Porque? É o que nos perguntamos, porque tanta crueldade com pessoas e países que nada fizeram? Não encontramos as respostas! Mas uma coisa é certa, diante de tanta tristeza, há beleza ali contida. Descobrir que mesmo vivendo o que estas pessoas viveram, elas conseguiram buscar dentro delas um motivo maior para viver e ser feliz! O seu livro me acrescentou duas lições, devemos lutar sempre pela nossa liberdade e para que as guerras sejam banidas do planeta, jamais devemos permitir que este monstro se estabeleça entre nós. E o segundo ensinamento, sempre haverá um motivo para continuar vivendo e ser feliz! Beijos com carinho e um pedido, continue sua trajetória de escritora e jamais desista dos seus sonhos!

  6. Neusa diz:

    Obrigada querida Josy por todo o incentivo!
    Você é uma amiga muito especial! Apesar dos 10.000 kms que nos separam sinto sua energia positiva e carinhosa!
    Quando eu for para o Brasil, vou visitar você em São Paulo, com certeza vamos tomar uma cervejinha juntas!
    Grande abraço e uma semana maravilhosa para você e sua família!

  7. Querida Neusa, a recíproca é verdadeira.
    Ficarei esperando a sua visita!
    Uma linda semana para vocês.
    Bjs,

    Josy

  8. Valquíria diz:

    Querida Neusa, tudo bem com você?
    Espero que não tenha se aborrecido com a demora de meu retorno. Li seu livro há meses!! Leitura fluida e prazerosa!!!

    Tanto em seu primeiro livro “O Paraíso sem Bananas”, quanto no segundo “Fragmentos de Memórias Autorizadas”, mergulhamos em universos complexos da história da Alemanha. No último, pude perceber o amadurecimento da escritura e da organização em termos gerais. Houve um maior distanciamento da autora, o que resultou em um grau maior de autenticidade dos relatos das “Memórias Autorizadas”.
    Além disso, essa obra confirma o valor atribuído ao gênero “cartas” como registro de eventos históricos.
    Parabéns pela obra, pela motivação que a levou a nos contar histórias tão interessantes. Um grande abraço,
    Valquíria.

  9. Neusa diz:

    Por aqui tudo bem querida Valquíria, apesar do frio e do cinza típicos do inverno alemão. E você?
    Muitíssima obrigada pela visita e por dispensar parte do seu tempo para escrever-me sua preciosa opinião e impressões sobre o “Fragmentos de Memórias Autorizadas”. Fiquei muito feliz e animda ao seu ler o seu comentário.
    Um grande abraço e um espetacular ano novo para você e sua família!

Leave a Reply

*