Israel – História e dor.

Saiba, lembre-se e nao cometa os mesmos erros!

Há 63 anos atrás Israel foi denominado “Estado”, ou seja Israel é um jovem país. Antes, por longos anos, os judeus nao tiveram um país próprio. Eles viveram espalhados em diversas áreas do planeta, principalmente nos países europeus – inclusive Alemanha. Os judeus, onde quer que estivessem, sempre tiveram que batalhar muito contra preconceitos e perseguicoes. No entanto, a perseguicao que sofreram na Alemanha – a partir do ano de 1933, quando Adolf Hitler assumiu o comando político do país – foi muito grave. Ele tinha como objetivo a dizimacao do povo judeu. Durante a Segunda Guerra Mundial foram, infelizmente, seis milhoes de judeus assassinados. Quem pôde fugiu do país ainda antes do início da Guerra. Muitos foram para a América para fugir da fúria e loucuras nazistas. Milhares, fugiram para a regiao onde os seus antepassados viveram, ou seja onde hoje localiza-se o Estado  Israel. Esta regiao foi há 2000 anos atrás uma das áreas mais importante do Reino Judaico até que os Romanos a invadiram e se apossaram da regiao. Assim, os habitantes desta regiao – os judeus, se viram desapatriados e por questoes de sobrevivência, se espalharam por muitos países nos diferentes continentes. Os sucessores dos romanos na regiao que antes pertencia aos judeus foram os árabes.

Após a derrota de Hitler e o fim da Segunda Guerra Mundial, os sobreviventes judeus solicitaram um país próprio, um território onde eles se sentissem em seguranca e em liberdade (algo totalmente compreensível!). No entanto, depara-se com um outro grande problema – há séculos, o território que antes pertencia à eles foi ocupado pelos árabes, denominados  Palestinos – os quais assim como os judeus construíram nesta área “Cidades Santas”, ou redutos religiosos do Islã (Religiao oficial própria). Assim nao admitiram simplesmente abandonar a regiao. O conflito estava evidente e na busca de uma solucao para o mesmo, políticos de quase todos os países do Planeta – no ano de 1947 –  optaram por dividir a regiao em Estado Judeu e Estado Árabe. Os judeus concordaram com a saída diplomática e a aceitaram, mas os Palestinos a recusaram. Quando entao, meio ano depois David Ben Gurion (represente político judeu) conclamou o Estado (País) de Israel, explode uma guerra na regiao – Estados Árabes nao reconhecem o novo país. Israel ganha a guerra, porém, infelizmente nao a paz. É o ínico do conflito constante que existe na regiao do Oriente Próximo.

Depois da guerra, Israel se apossa de várias regioes Arábicas e expulsam os Palestinos que viviam nestas áreas. Os quais fugiram para o reduto Árabe na regiao – Faixa de Gaza e Ocidente da Jordânia.  Infelizmente, a tensao perdura até os dias atuais. Muita violência e sofrimento fazem parte da História dos dois povos, apesar das tentativas de resolucao destes conflitos – por parte de vários políticos do mundo todo. Assim, violência e dor também, para o desgosto de todos nós, estiveram presentes durante as comemoracoes de aniversário da fundacao do Estado de Israel.

Sinto muito! Es tut mir Leid!  I’m sorry!!

Lo Siento mucho!

אני מצטערת

Texto base: traducao “Israels Geschichte”, escrito por Sonya Ross – Rhein Zeitung (21.05.2011)

Tags: , , , , ,

2 Responses to “Israel – História e dor.”

  1. Regina diz:

    Essa é uma questao muito difícil de se dizer quem está certo ou errado. Mas você nao acha que quando Israel expulsou os palestinos do lugar em que moravam, nao acabou tomando a mesma atitude de seu carrasco – Hitler- ?

  2. Neusa diz:

    Oi Re, que bom receber sua visita! Tudo bem por aí?
    Concordo com você, é praticamente impossível entender o caos político-sócio-ideológico-religioso que predomina no Oriente Médio há séculos. Nao sei e nao ouso afirmar quem está certo ou errado, pois nao tenho profundo conhecimento de causa para isso, porém me intriga muito a História do povo judeu desde que ouvi pela primeira vez na missa, ainda quando era crianca, uma das passagens biblícas sobre a relacao deste povo com o Criador – naquele tempo pensei se o que ouvia era correto ou absurdo. Atualmente ainda nao sei, mas parece que a profecia se cumpre, ou seja, o povo judeu ainda nao encontrou a paz, infelizmente.
    Um grande abraco e ótimo fim de semana!

Leave a Reply

*