Luzes e Advento

A felicidade tem morada na harmonia pessoal e universal e não em "coisas".

Os dias escuros e curtos nos abraçaram de novo! As flores de verão e outono foram decepadas dos jardins, afinal elas não têm chance de sobrevivência com a geada que cobre cada centímentro de solo no hemisfério norte. Já fazem semanas que as aves selvagens partiram para o sul. Observo sempre o fenômeno com uma certa melancolia dolorida no peito. Procuro me animar pensando na luzes de natal que iluminam também o inverno frio, longo e deprimente que  chega, quase sempre sem atraso!

Sim. as luzes estão expostas e ontem vivenciamos o nosso primeiro domingo de advento. No sábado, entre compras,  e responsabilidades fiz questão de providenciar o nosso “Adventskranz” (girlanda) . Estava pensando no aconchego de um domingo em família, na expectativa de um tempo em paz e esperança  não apenas no meu círculo, mas numa atmosfera positiva para todo o universo. Eu pensei que seria um bom tempo para uma pausa de guerra, pobreza, doença e sofrimento para todo o planeta – um sonho de natal?

Penso que o tempo de advento é mesmo assim, nos aproximamos de nós mesmos, das pessoas que nos são queridas e sobretudo sonhamos embalados, suavemante, na mensagem de esperanςa que o filho de Deus representa. Afinal comemoramos em breve o nascimento paupável Dele – um dos grandes presentes do Criador para a humanidade – seu filho esteve entre nós, sentindo nossas misérias, banalidades, fraquezas e fortalezas.

Não seria fantástico uma trégua para a destruição, o racismo e  a fome sobre este planeta?

Talvez poderíamos presentear ao invés de coisas materiais, tempo e carinho para todas as pessoas que encontrássemos? Não seria um bom começo?

Linda semana!

Beijos!

Tags: , , , ,

Leave a Reply

*