O fascínio alemão pelas datas

"Die Freude, die wir an einer Sache haben, liegt nicht an der sache, sondern in uns."

„Die Freude, die wir an einer Sache haben, liegt nicht an der sache, sondern in uns.“

E o meu descaso pelas ocasiões e cumprimentos forςados!

Hoje estou podendo sem qualquer sentimento de culpa pensar e escrever sobre o meu descaso pelo realce que os alemães impõem às datas. Estou sozinha com meu cansaço e meus pensamentos. Minha família está de férias, os três foram aproveitar os dias livres na Bavária. Eu os incentivei a ir, afinal não é porque eu preciso trabalhar que todos precisam se entediar na rotina morna de Mermuth.

Sim, ontem e hoje  estive trabalhando e me assustava a cada vez que uma pessoa abria um sorriso forçado para mim e dizia „Frohe Ostern (Feliz páscoa)“! Pessoas que normalmente custam a dizer a cada manhã um „Bom dia“!

Não sei se é uma questão pessoal ou cutural, mas o fato é que eu absolutamente não penso ou me comporto tão diferente quando estamos por volta do natal, páscoa ou aniversários. Na verdade, para mim, é muito mais importante como  no dia-a-dia – em alta rotina – nos interessamos pelas pessoas, do que em uma data de calendário. Talvez tenha trazido este jeito da educação que meus pais me deram. Entre nós a única grande comemoração era o natal, quando a família se reunia e estávamos felizes por apenas  estarmos juntos – os adultos conversando entre si e as crianças correndo livres pelo quintal afora. Ninguém se preocupava com um pacote de presente. Hoje, quando falo sobre isso na minha família alemã/brasileira ninguém acredita em mim…

…Talvez porque aqui vivenciamos o oposto! E, como me encabula esta fascinaςão alemã pelas datas e sobretudo o stress na preparação do cardápio, presentes e visitas! Quem precisa de um cardápio especial de páscoa? Quem precisa de presente de páscoa? Quem precisa planejar meses antes quem vai visitar quem ou quem será visitado porque é tempo de páscoa? Quem precisa parecer mais simpático porque é páscoa? E você sabia que os alemães tem dois dias de feriado no natal – 25 e 26 e dois dias na páscoa? Sim, aqui se comemora o domingo e a segunda de páscoa. Quem pode me explicar por quê? Estivemos hoje estressados no trabalho com o cardápio especial e o bolo das 15:00. O que me agradou mesmou foram as estradas completamente vazias lá pelas sete da manhã e fiquei contente por não precisar de um supermercado ou farmácia, afinal tudo esteve fechado hoje também, em plena segunda-feira.

A verdade é que ainda näo me acostumei com o jeito extremo dos alemäes – se vou me acostumar um dia, continua uma pergunta!

 

Beijos e

uma linda semana prá vocês, sem ou com ovos!

 

 

 

Share This:

Schlagworte: , , ,

Kommentieren

*