O Palmito perfeito…

O que que a "mineira" tem.... Oh...

constatei ontem ao determinar o cardápio do almoςo, afinal foi o dia das mães! Sinceramente não ficaria chateada se me convidassem para almoςar num desses restaurantes com vista para o Reno ou às margens do Mosel, mas a verdade é que como todos estávamos muito ocupados aqui em casa mesmo, sem reclamar de nada fui para o fogão… afinal Laura e Vic já haviam me presenteado com muita alegria e carinho algo que elas mesmas compraram e os respectivos cartões que desenharam e pintaram, além do que (quase) prepararam o café da manhã  para nós. Eu estava sim feliz com a autenticidade da minha pequena família em não estar muito eufórica com o dia das mães… prefiro assim… tudo muito simples, tranquilo e verdadeiro!

Depois de limpar o recinto do mais recente membro da família – Leo, o coelhinho – e continuar a faxina que havia comeςado na sexta, comecei a preparar o almoςo ao cozinhar o feijão preto que trouxemos do Brasil. Eu estava desde sexta decidida em preparar para nós a minha feijoada exclusiva (Feijoada a la Alemanha), arroz branco e uma ótima salada de alface, tomate, cebola e palmitos. Normalmente tudo muito saboroso e fácil de preparar. A minha grande dúvida era se realmente os palmitos enlatados que também  trouxemos do Brasil seriam àqueles macios, suculentos, perfeitos e raros de se encontrar em qualquer grande ou pequeno supermercado mesmo no Brasil. Por isso mesmo resolvi hoje compartilhar o meu entusiasmo com os últimos palmitos que trouxemos. Infelizmente, preocupados com o peso das malas, trouxemos apenas uma lata, a qual compramos no Mercado Muncipal de Itajubá– em uma daquelas vendas tão especiais, com os sacos de estopa lotados de cereiais por todo o canto, prateleiras recheadas de condimentos, garrafas de cachaça que acobertam todas  as paredes e uma infinidade de artigos interessantes como palhas de milho especialmente cortadas para cigarros e rolos enormes de fumo. Neste paraíso que amo visitar – assim como Jörg, Laura e Vic, além de me transportar para uma viagem gostosa para o tempo dos meus pais – encontramos, sob a recomendaςão do proprietário do armazém, cujo nome infelizmente não observei – o melhor palmito que já comi nos últimos anos. Como sempre, eu estava muito preocupada em analisar a qualidade dos palmitos nas embalagens de vidro, porém Ele gentilmente me informou: “Os palmitos  desta lata são os melhores!” Eu duvidei um pouco de sua convicςão.  Ele observando a minha reaςão de desconfianςa, entre sorrisos, continuou a conversa: “É sim! Todo mundo volta para comprar este palmito…”

Eu acabei optando pelo palmito indicado e ontem pude verificar que realmente eles estavam, absolutamente perfeitos – assim como todo o almoςo (quanta modéstia!).

Beijos e quem sabe vocês ainda poderão concordar comigo!

Tags: , , , , , ,

2 Responses to “O Palmito perfeito…”

  1. Laura diz:

    É sim… uma delicia de feijoada!
    Beijos da Laura.

  2. Neusa diz:

    Oi Lauri, obrigada por visitar-me e além do mais escrever a sua opiniao!
    Tenho que concordar com você que esta feijoada é realmente muito gostosa! Acho que também porque gosto de cozinhar…
    Beijos e lindo fim de semana prolongado!

Leave a Reply

*