O Paraíso sem Bananas – resenha

“O Paraíso sem Bananas” enfoca experiências de vida de pessoas que viveram na Alemanha do leste, antes da queda do Muro de Berlim. Como em um bate-papo elas nos informam, de forma simples e direta, como eram conduzidas as suas vidas sob o sistema socialista – o qual foi implantado na Alemanha Oriental, após o fim da Segunda Guerra mundial e que lá perdurou por quarenta anos.

Através da leitura dos relatos de pessoas comuns como eu e você, nós podemos mergulhar em uma realidade completamente distinta daquela que nós brasileiros assimilamos, desde que fomos “descobertos” pelos portugueses – a realidade capitalista.

Os relatos das “testemunhas do tempo” são absolutamente fiéis ao cotidiano que elas vivenciaram, entrecortados pela abordagem de fatos específicos da História recente da Alemanha e misturados com toques peculiares sobre o envolvimento da autora com suas testemunhas.

Através de uma leitura prazerosa, os textos podem ser compreendidos mesmo por pessoas que não conhecem a fundo a História alemã ou europeia.

O livro destina-se a todas as pessoas que têm algum interesse e curiosidade pela concepção do socialismo associada a um país europeu.

PS.: Eu espero, de coraςão, que este trabalho possa contribuir um pouco para vocês conhecerem algo mais da História da Alemanha – um país que tem um passado histórico muito interessante e um presente cheio de encantos!

Beijos e uma linda semana para todos vocês!

36 Responses to “O Paraíso sem Bananas – resenha”

  1. Oi Neusa,
    A idéia da resenha do livro é muito boa, vou copiá-la lá no meu blog! Parabéns pelo início do seu blog e muito sucesso!
    Um beijo,
    Sandra

  2. Neusa diz:

    Oi Sandra,
    muito obrigada pelo seu apoio e carinho!
    O blog ainda está em fase de organizacao,
    mas já é bom poder fazer um pouco de
    “arte” por aqui…
    Beijos.

  3. Eugenio Augusto da Silva diz:

    Olá Neusa, gostaria de dizer que conheço voce através de fotos eu trabalho com sua sobrinha (Simone), ela me falou sobre o livro. Fiquei muito interessado, é um assunto fascinante. Como faço para adquirir um exemplar?
    Sucesso!!

  4. Neusa diz:

    Oi Eugenio! Obrigada por escrever-me. O livro foi lancado ontem… estou ainda um pouco confusa sobre vendas a longa distância, mas assim que eu me organizar, escrevo para você com o maior prazer. Vou contactar também a Si, talvez ela possa levar o livro autografado para você, quando ela vir me visitar no sul de Minas.
    Abraco e mantemos contato.
    Neusa.

  5. Jeferson diz:

    Meus PARABÉNS Tia Neusa por essa obra!!!! Pode ter certeza que mesmo distante, estava torcendo pelo sucesso no lançamento do livro!!! Acabei de ver as fotos no orkut de Rosana… Infelizmente não pude estar presente, pois é um pouquinho longe, né?!
    Estou ansioso para ler o livro, me parece muito interessante…estou esperando o meu exemplar….autografado, viu?!
    Saudades imensas!!!! Ainda espero a visita aqui no pantanal!!!!
    Beijos Carinhosos
    Jeferson

  6. Neusa diz:

    Oi Jeferson, obrigada pelo apoio. Acho também uma pena que você nao pode ir para Minas!
    Para o Pantanal, planejamos viajar na próxima oportunidade. Fomos para Goiás. Foi bem interessante! Muita aventura! Sem querer eu estava tomando sol com um jacaré!!!
    Um abraco e espero que você goste do livro. Você pode estar entrando em contato com a Claudia que é a minha acessora em Itajubá para todos os assuntos…
    Beijos e cuide-se.

  7. João Luis da Silva. diz:

    Olá, tudo bem?

    Eu sou o João, amigo da Tânia.
    Li seu livro e gostei muito, além dos relatos, o livro contém informações
    interessantes a respeito da ex Alemanha socialista. Acho que você deve
    continuar escrevendo sobre grandes temas, principalmente sobre a
    segunda guerra mundial. Acho que você precisa aproveitar todos os
    fatos e as pessoas que estaõ próximas de você.
    Parabéns, tudo de bom!

    Um abraço

    João Luis…

  8. Neusa diz:

    Oi Joao Luis,
    fiquei muito feliz por receber seu comentário. Obrigada pelo apoio!
    Escreva-me sempre que puder.
    Um abraco e tudo de bom!

  9. Ana Cláudia diz:

    Tia Neusa que delícia de ler o seu livro ,estou adorando,fiquei encantada com a história das bananas, hoje uma fruta tão normal do dia a dia,e antes as pessoas tinham a chance de comer 1 banana por ano e se quisessem mais teriam que pagar um preço escandaloso kkk,mto interessante ,nunca vou me esquecer disso,bjos titia linda.

  10. Ana Cláudia diz:

    Parabéns pelo seu trabalho e amei o seu Blog.

  11. Neusa diz:

    Obrigada querida!
    Espero que você possa visitá-lo sempre e participar através de comentários, perguntas, sugestoes ou críticas…
    você será sempre bem vinda!
    Beijos.

  12. Neusa diz:

    Oi Claudia,
    obrigada pelo seu interesse e por disponibilizar o seu tempo para escrever-me.
    Acho também bem interessante esta história das bananas! Fiquei muito surpresa quando Christiana e Ulli me informaram que enfrentavam filas (anualmente) para comprarem bananas para seus pais e irmaos e nao importava se tivessem mais dinheiro – só poderiam adquirir uma banana para cada membro da família!
    Esta era a vida no leste, antes da reunificacao… assim como bananas existiam produtos muito raros para se adquirir… mas nem por isso tudo por lá foi ruim, como você já deve ter percebido através da leitura do livro.
    Um beijo e cuide-se muito!

  13. Ola Neusa! Gostaria de adquirir um exemplar do seu livro. Pode me mandar as informações necessárias por email? um abraço.

  14. Neusa diz:

    Oi Isabela, que bom que você ficou interessada em ler o meu livro! Vou enviar um e-mail já, já para você…
    Fiquei curiosa quando li o seu endereco… você é cantora? Ontem li no jornal da minha regiao que os artistas podem se inscrever para apresentarem-se em um grande evento que vai acontecer em Koblenz (Bunsdesgartenschau – Buga). Você mora por aqui?
    Um grande abraco e tudo de bom!
    Neusa.

  15. Ana Aparecida diz:

    Oi Neusa,
    Trabalho na SRE, lembra-se?Parabéns pelo livro. Adorei o assunto, gosto muito de história.
    Abraços

  16. Neusa diz:

    Oi Ana, tudo bem? Claro que me lembro de você!
    Obrigada por escrever-me. Eu também sou apaixonada por História e estou explorando um pouco o que venho conhecendo de muito perto da História da Alemanha que em algumas das suas fases acabou envolvendo outros países. Gosto de conversar com as pessoas sobre o como elas vivenciaram os acontecimentos.
    É muito bom saber a opiniao das pessoas, pois me sinto motivada a pesquisar mais e a escrever o que leio ou ouco diretamente das fontes.
    Um grande abraco e tudo de bom!

  17. neusa renno campos guimaraes diz:

    Olá xará, quando coloquei meu nome no google lá estava você também. Gostaria de fazer contato . Achei a sinopse do seu livro legal. Também escrevo mas ainda estou engatinhando. Onde encontro seu livro?

  18. Neusa diz:

    Oi Neusa, tudo bem? Fiquei feliz em saber que você tem interesse em estabelecer contato comigo e obter outras informacoes sobre o meu livro. Escreva-me para onde você desejaria que eu enviasse o livro. Se você mora aqui na Alemanha, eu mesma enviarei um exemplar para você. Se você estiver no Brasil e nao em Itajubá/MG, vamos estabelecer contato com uma pessoa da minha confianca que já despachou outros livros para mim para outros estados. Mudando de assunto: sobre o que você escreve?
    Grande abraco.

  19. Laura Arnold diz:

    Alles gute Mama!
    Ich liebe dich!

  20. Neusa diz:

    Obrigada, Lauri!
    Eu amo você também!
    Beijos.

  21. Rubens diz:

    Oi Neusa tudo bem? Gostei muito da resenha do seu livro. Vou voltar aqui para comentar mais sobre o tema.
    Abraco.

  22. Neusa diz:

    Oi Rubens, que interessante receber a sua visita. Volte sempre!
    Abraco.

  23. ariane diz:

    Oi, Neusa.

    Soube do seu livro pelo blog da Mel. Fiquei suuuuper curiosa! Vamos ver se eu ele vem pra mim no sorteio. 🙂

    Se não, comprarei o livro e depois adoraria fazer uma entrevista contigo pro meu blog. Como vivo em Leipzig, tento passar algumas impressões pessoais dos tempos atuais no antigo território da Alemanha Oriental. E às vezes abordo alguns tópicos de como as coisas eram. Mas tudo sem pretensão, como hobby mesmo. Ficarei feliz se você der uma passadinha por lá. Mas não repare, que tô precisando dar uma atualizada no coitado. 😛

    Sinto que vamos trocar muitas figurinhas – pelo menos já temos um assunto de interesse em comum! 😉

    Sucesso!

    Abraços,
    Ariane

  24. Neusa diz:

    Oi Ariane, tudo bem? Obrigada por visitar-me! Vou retribuir a sua visita sim, num momento de calma. Eu, infelizmente, nunca estive em Leipzig, mas a vontade de conhecê-la é grande. Sou apaixonada também por História e sempre que posso leio e pesquiso por conta própria. Será um grande prazer para mim trocar ideias, informacoes e impressoes com você.
    Um grande abraco e tudo de bom!

  25. Nyala diz:

    Oi Neusa, moro em Salvador e gostaria de adquirir o livro. Como faço? Obrigada.

  26. Nyala diz:

    Opa! Via agora seu e-mail. Obrigada! Abraços.

  27. silvia helenice nitschke diz:

    Cara Neusa,

    moro em Dortmund e me interessei pelo teu livro. Como faco para obte-lo aqui?
    Vc o escreveu em portugues? Existe a versao alema? Esta, também me interessaria, visto que ainda estou aprendendo a lingua.
    Abracos e sucesso

  28. Neusa diz:

    Oi Silvia, obrigada por escrever-me. Muito legal que o livro despertou o seu interesse! Posso estar enviando pelo correio para você, em dois dias no máximo você estará recebendo, precisamos apenas trocar e-mails sobre informacoes mais detalhadas. O livro foi escrito em português, há passagens em alemao, mas logo em seguida traduzidas já que o meu objetivo foi oferecer informacoes para as pessoas que falam português. Dortmund nao é longe do meu município. O que te trouxe para a Alemanha?
    Abraco grande e tudo de bom!

  29. Poxa vida, pena que a promoção com o kit da Alemanha Socialista acabou…

  30. Neusa diz:

    É mesmo Rubio, mas quem sabe nao promovemos outra em breve!
    Lindo fim de semana!

  31. Aurea diz:

    Este livro é tudo de bom !Achei ótimo,uma suave aula de história de um assunto tão difícil…A gente vai conhecendo a Alemanha através das informações e aprendendo com os depoimentos de pessoas reais…São poucos os professores que conseguem traduzir,transformar um assunto complicado em algo prazeroso de se ler e aprender. Parabéns ,já é leitura obrigatória para meus filhos…Estou aguardando seus próximos trabalhos…

  32. Neusa diz:

    Obrigada querida Áurea por escrever-me! Fiquei muito feliz em saber que você gostou da minha primeira aventura histórico-literária. Comentários positivos como o seu me animam a continuar pesquisando e escrevendo, apesar de muitos obstáculos. Eu gostaria muito sim de poder publicar um segundo trabalho na mesma concepcao… vamos ver se será possível. Beijos e tudo de bom para você e sua família!

  33. Angela Oliveira diz:

    Ola Neusa,

    Adorei o livro, fácil leitura, objetivo e muito gostoso de ler, e sem falar das histórias interessantes das pessoas que viveram na época do sistema socialista na Alemanha.
    Fiquei com mais vontade de conhecer melhor a história deste país, atraente e intrigante.

    vamos manter contato.

    beijos

  34. Neusa diz:

    Oi Angela,
    fiquei muito feliz em ler seu comentário! Muito obrigada por escrever-me! Acho também a História deste país muito interessante e dramática, por isso não resisto e procuro colocar algumas experiências no papel (ou na tela). Eu gosto de compartilhar o que leio e ouço, quanto a escrever: a vontade em aprender não me falta!
    Um grande abraço e tudo de ótimo!

  35. MARIA VALQUÍRIA FARIA SERPA . diz:

    Oi, Neusa!!

    Enfim, li seu livro. Pode parecer desinteresse o tempo que levei pra dar um retorno, mas, na realidade, sou metódica com tudo. Quando considero algo (livro, filme) especial, reservo um momento especial para apreciá-lo. Foi o que fiz com seu livro. Li na madrugada da última quarta do mês de agosto. Amei!!!! Passei pelo mesmo processo de todas as leituras que faço. Primeiro, euforia e encantamento. Em seguida, processamento e análise das informações. Seu livro contém dados preciosos!

    Sua estratégia de descrever de forma descontraída e informal os momentos das entrevistas e dos encontros com suas “testemunhas” deu um tom suave à escritura de um tema tão tenso.

    Outro aspecto que me agradou foi a dosagem de informações e posicionamentos em relação aos dois regimes, capitalismo e socialismo (não sei se foi planejado). Isso faz com que a gente pondere e considere os prós e contras de ambos os lados sem “tomar partido” de forma veemente. Isso é muito rico, pois, precisamos aprender comportamentos menos extremistas. A informação é a chave para isso. Como o livro foi pautado no relato de personagens reais, tentamos ser solidários com ambos os lados.

    > Ah, algo que me deu muita inveja: os encontros regados a boa conversa, cafezinhos, bolos e vinhos etc. Que privilégio!! Adoro esses momentos.

    > O título merece uma atenção especial pela sua criatividade e carga significativa: dá uma discussão e uma análise bem interessantes.

    > Parabéns pela obra!! Estou curiosa para conhecer a próxima produção.

    > Um grande abraço,

    Valquíria

  36. Neusa diz:

    Obrigada querida Valquiria por um comentário tão positivo! Fiquei muito feliz, pois sei que é sincero! Um grande abraço e tudo de bom!

Leave a Reply

*