Otimismo no ar

Minas - linda! Até mais!

“Nós seremos um povo de otimistas” : este é um dos títulos estampados entre as reportagens de capa do jornal Rhein-Hunsrück  de hoje. Eu me surpreendi um pouco com este título. Curiosa e cética, enquanto tomava a minha primera xícara de café li muito rápido o texto e confesso que ler algo assim é muito mais agradável e confortável a notícias que geram preocupacao, tristeza e revolta – as quais sao mais frequentes nos noticiários do que gostaríamos.

Esta notícia, em especial, refere-se ao otimismo demonstrado pelos alemaes – que sao, penso eu por questoes históricas e culturais bastante pessimistas – em relacao ao próximo ano. Segundo o pesquisador Horst Opaschowiski, a esperanca e o otimismo sao os sentimentos que dominam grande parte dos cidadaos nesta passagem de ano. Para uma atmosfera de crise  e medo do futuro, 2011 nao possui mais espaco (Hamburger Stiftung Zukunsfsfragen). Com o impulso crescente da economia e a queda da taxa de desemprego, o pavor da crise que atingiu o país em 2009/2010,   chega ao fim.” Os consumidores, ao responderem as perguntas referentes à esta pesquisa, demonstraram estarem dispostos a abandonarem a ânsia de economizar pelo medo das difuldades que sao inerentes a uma crise econômica, estando abertos a possibilidade de investirem no próprio bem estar  como passeios e aparatos, mas principalmente em viagens de férias. “Após os tempos de crise, os alemaes estao mais  dispostos à   priorizarem o que realmente é importante e necessário para tornar, de forma  duradoura, a vida mais linda. Destaca-se também a importancia de um certo equilíbrio entre o sentimento  de bem estar (sem remorso) ao proporcionar-se certo conforto e também de se contribuir para um mundo melhor” – afirmou o pesquisador ao  comentar o resultado desta pesquisa.

Entre os entrevistados, em diferentes estados na Alemanha, 81% estao otimistas quanto ao futuro. A crise financeira deixou também marcas positivas: aprendeu-se com ela a elaborar-se com mais frequência a pergunta: para que? Sendo necessária uma resposta convincente  para a mesma. Esta sensibilizacao  implica mais consciência da necessidade de se buscar motivos e valores ao se consumir, visando: qualidade de vida, saúde, felicidade, bem estar social.(…)

Os alemaes mais otimistas, segundo esta pesquisa, vivem em Hessen. No nosso estado – Renânia Palatinado – 42% dos entrevistados têm perspectivas otimistas para o futuro.

Para o próximo ano e nos posteriores desejo, sinceramente, que vocês também tenham perspectivas muito positivas! Eu, depois de 10 anos vivendo aqui, me sinto pela primeira vez  otimista em relacao ao futuro.

Beijos.

Números e informacoes básicas traduzidas a partir do texto “Wir werden ein Volk der Optimisten”, edicao n° 301, Rhein-Hunsrück-Zeitung.

Tags: , , , ,

Leave a Reply

*