Sementes da Primavera em Munique – uma Estrela entre nós!

Série: Entrevistas

Parte III

Da Lama do Nordeste à fama da Europa

Uma História real de luta pela dignidade! Um alerta!

O crepúsculo me assaltou de repente, mas tenho ainda o privilégio enorme de observar os últimos raios de sol, o qual para a nossa delícia nos banhou hoje sem compaixão!

Minha música de fundo é o canto das andorinhas e o som dos tratores – é época de colheita e o bom tempo me permite observar o bom humor estampado nos sorrisos das pessoas que corajosamente ainda trabalham com a terra.

Vivo um momento divino, devo confessar! O que me deixa ainda mais tímida ao escrever sobre Lúcia Amélia Brüllhardt. Sim, lá estava Ela, na primeira fase do  I Encontro de Escritores Brasileiros na Baviera, sentada bem do meu lado – a Estrela Lúcia Amélia. Eu não sabia nada sobre Ela, mas sua presença marcante me chamou a atenção bastante rápido. Seus cabelos vermelhos, sua pequena estatura,  seus movimentos rápidos e a forma emocional e veemente  como Ela transmite  suas verdades e as suas concepções não me deixaram dúvidas de que Lúcia tinha uma História de vida explosiva. Eu não pude saber a princípio nada muito pessoal sobre Ela, mas eu tinha certeza absoluta desde o nosso primeiro contato  que Lúcia Amélia é uma destas raras pessoas que sabem como dar a volta por cima. Eu passei a admirá-la ainda mais após o nosso segundo encontro – quando pude ouvi-la falando sobre o seu primeiro trabalho literário: Da Lama do Nordeste à fama da Europa – uma obra biográfica, na qual somos convidados a conhecer e nos embalar nos seus sonhos com a arte, com a danςa, nos seus sonhos de independência pessoal e financeira,  nos seus sonhos com o glamour europeu. Infelizmente seus sonhos se tornaram num amontoado de pesadelos…

No entanto Lúcia transformou seus pesadelos em um projeto de vida, de novas perspectivas, de valores fundamentados em verdades sólidas – O Madalena’s: uma organização não governamental, cuja finalidade básica é a prevenção.

Bem, as próximas palavras para nos esclarecer seu trabalho como escritora, cantora, atriz, fundadora e coordenadora do Madalena’s deixo a cargo da própria Lúcia.

Com muito prazer compartilho com vocês a “conversa” que tive com esta Mulher surpreendente!

1.Querida Lúcia Amélia é um grande prazer para mim saber algo mais sobre a sua trajetória profissional e sobretudo poder publica-la neste meu espaço virtual. Primeiramente gostaria de saber quando você ouviu falar do “Projeto Adote um Autor” e como você pode descrever sua experiência de adoção:

A primeira vez que ouvi foi no FOCUS LONDRES , em setembro de 2012. Minha experiência de adoção foi simplesmente M A R A V I L H O S A !!!

2.Você acredita que a experiência que obtivemos em Munique pode se repetir em outros estados ou países? Teríamos a chance de contar com o apoio de uma associação como a  DBKV e V?

A Experiência em Munique, com certeza, poderá ser repetida em diversos outros países, porém para ter um bom êxito dependerá da união, humildade, colaboração e o desejo de fazermos algo em prol dos autores brasileiros na Europa.Infelizmente o que tenho notado na longa estrada da vida é que “algumas” pessoas estão querendo trabalhar individualmente, mas quando à noite observo o céu vejo que ele fica somente bonito quanto TODAS ESTRELAS brilham juntas!

3.Você atua em alguma associação?

Moro na Suiça e sou presidente de uma associação Brasileira que funciona há 13 anos, onde trabalhamos em união com diversas outras associações. O que vivi em Munique, já conhecia a experiência aqui da Suiça, poís somente com união podemos seguir em frente e sermos fortes.

4.Esta associação a qual você se refere é a Madalena’s?

Sim, aqui na Suiça somos conhecidos como uma Association Brésilienne (Associação Brasileira Madalena’s)uma associação Brasileira que funciona há 13 anos, onde trabalhamos em união com diversas outras associações.

5.Por favor nos esclareça algo mais sobre Ela considerando os motivos de sua fundação, finalidades e serviços que presta à comunidade mundial:

Aqui na Suíça, no ano 2000, começamos a efetuar um trabalho de apoio e ajuda à mulheres e homens trabalhadores (as) do sexo, pessoas de diversas nacionalidades. E em vários cantões da Suíça romana e alemã, vimos a precariedade nas quais elas vivem sendo exploradas sexualmente, abusadas, humilhadas, tanto emocionalmente como fisicamente .Concluímos que existia uma real necessidade de socorro às vítimas em território Suíço. Sendo na época, uma grande parte mulheres brasileiras*, por esta razão, no dia dezesseis de março de dois mil e seis (16.03.2006), fundamos e registramos no Brasil a ONG “Prevenção Madalena’s” a fim de prevenir, informar e alertar diretamente nas escolas a juventude brasileira, através de filmes e palestras, sobre o perigo da exploração sexual e do tráfico de seres humanos, nos quais uma grande parte deles é vítima ao vir para Europa sem o devido preparo.

* Atualmente o quadro mudou e a maioria são mulheres provenientes do Leste Europeu.

Porque "prevenir é melhor que remediar"!

6.Como extensão do Projeto Madalena’s você idealizou o Madaleninhas. Por favor, nos permita saber mais sobre este valioso trabalho preventivo:

Durante aproximadamente 13 anos, nosso trabalho no Brasil, foi direcionado principalmente aos jovens adolescentes .Somente em Pernambuco atingimos 200 escolas com o trabalho de prevenção.Com a grande explosão do tema “Tráfico de Seres Humanos” no Brasil, através de novelas, jornais, rádios e revistas. E aqui na Suíça com a diminuição de brasileiras no ” MILIEU ROUGE” vimos que nosso objetivo em território Brasileiro e Suíço tinham sido atingidos. No dia 21 de dezembro de 2012, quando comemorávamos os 12 anos do Madalena’s Irene Zwetsch olha para mim e pergunta : – Por que você não escreve algo direcionado para o público infantil ? Neste exato momento em minha mente veio as seguintes palavras ” Educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos”(Pitágoras ). Nosso Objetivo com a cartilha “As Aventuras de Mada-Leninha, o desaparecimento de Bubu”.É de alertar e informar as crianças brasileiras de 07 a 12 anos, sobre Tráfico de Pessoas e de Crianças que ocorre dentro do território nacional ou exterior. Incentivamos as crianças a desenvolver o prazer pela leitura, à estudar, obter uma formação profissional.

7.Uma grande curiosidade: como você se relaciona com a comunidade suíça?

Sou muito bem integrada na Suíça e com os nativos. Deixo aqui BEM CLARO que até hoje, todos os suíços que conheci são pessoas que acrescentaram e ou acrescentam algo de muito bom em minha vida.Eu vivo com os Suiços e tenho um trabalho com a comunidade brasileira. Falo francês, alemão e Italiano facilitando assim ultrapassar barreiras.Sou muito feliz vivendo entre os suíços. aceito a mentalidade, cultura e as tradições.

8.Depois de tantos anos vivendo neste país, você considera a Suíça como sua casa?

A Suiça será sempre minha casa, foi aqui que criei raízes e assim decidi. Aqui sou valorizada e respeitada como ser humano, e tratada com dignidade sem descriminação e sem preconceito (É MINHA EXPERIÊNCIA).

9.Qual é o nível de aceitação do seu trabalho em terras suíςas?

Positivamente surpreendente . Tive a oportunidade de ter sido feito um filme com a minha história de vida em francês ” Lúcia, un autre destin ” ( distribuído em 23 países francófonos pela MiMAVISION / DELTA VISION ), inúmeros convites para palestras em diversos locais.Participação em TVs , rádios, revistas. Na Suíça o trabalho do Madalena’s foi melhor aceito que no Brasil. No Brasil tem aquele problemática de que ONG pega dinheiro do governo e não faz nada, não tem credibilidade, etc. O Madalena’s nunca recebeu e nem recebe nenhum apoio financeiro por parte do governo brasileiro. Nosso trabalho é financiado por doações de amigos, por meu esposo, pela vendas de livros, palestra , eventos.

10. Lendo sobre sua atuação artística na Europa, me surpreendi ao descobrir que você tem uma considerável discografia. Quais os caminhos que levaram você também aos estúdios e seus microfones?

Minha intimidade com a música é desde criança. Meu avô e minha mãe são responsáveis pela façanha ( risadas). Lembro que aos 10 anos ganhei o primeiro lugar em um concurso na TV GAZETA, em Vitória do Espírito Santo.

11.Conte um pouco sobre fatos marcantes durante o “processo de publicação” do seu primeiro livro.

Algo que jamais poderei esquecer foi a venda de 1500 exemplares antes mesmo do livro ter sido publicado e a entrega de cada exemplar autografado nas mãos dos adolescentes estudantes que vieram receber o exemplar (ainda tenho calo no dedo , risos….)

12.Por favor, nos revele seu “sonho de projeto ”:

Atualmente meu grande sonho é ver a prevenção como matéria obrigatória em todas escolas do Brasil.

Bem, me resta apenas agradecer você Lúcia por nos ter dado o enorme prazer de podermos conhecer algo mais do seu extraordinário trabalho e ter tido novamente contato com a pessoa admirável que você é! Desejo a você S U C E S S O e com este espaço você pode contar sempre para divulgar seus projetos velhos e novos!

Abaixo, você querido leitor, pode acessar os links da Autora e conhecer ainda mais profundamente seu trabalho, suas obras, seus projetos:

www.luciaamelia.ch

www.prevencaomadalenas.com.br

www.chezlucia.com

REBRA: escritora_ptbr.php?id=1796

Beijos.



Tags: , , , , , , ,

4 Responses to “Sementes da Primavera em Munique – uma Estrela entre nós!”

  1. Obrigada pela excelente entrevista, Neusa! Cada vez mais claro a mensagem do sonho, lembra?
    O melhor de tudo é ver esta estrela partilhando seu brilho com todos, grandes e pequenos! Que seu exemplo seja seguido!!!

  2. Neusa diz:

    Obrigada querida Alexandra pela sua confianca e sua amável visita! Ajudar na divulgacao dos projetos de vocês apenas me acrescenta! Fico muito feliz em poder ajudar em algo! Acima de tudo admiro muito pessoas engajadas em trabalhos de cunhos sociais! O mundo, todos nós precisamos uns dos outros, afinal “ninguém é feliz sozinho”!

  3. Muito esclarecedora a sua belíssima entrevista. Aceite, pois, meus sinceros parabéns, que seguem acompanhados de votos de paz, de saúde e de prosperidade constante.

  4. Neusa diz:

    Muito obrigada Orlando por sua visita e um comentário tao gentil! Para você também muita saúde, paz e sucesso em todos os seus projetos pessoais e profissionais!
    Lindo fim de semana!

Leave a Reply

*