Sobre o peso da negatividade…

„… Damit wir uns in diesem Chaos zurecht finden und die Aufgaben des Alltags bewältigen zu konnen brauchen wir die Fähigkeit Unwichtiges auszublenden und unsere Aufmerksamkeit gezielt auf die wichtigen Dinge zu lenken…“

„… Para que possamos nos encontrar ao meio deste caos e poder realizar todas as nossas tarefas diárias, precisamos ter a capacidade de ignorar banalidades e direcionar nossa atenção de forma objetiva no que realmente é importante…“

Não onde li este pensamento, nem quem escreveu. Tenho a mania desde sempre de anotar em qualquer papel que encontro a  minha frente o que leio e bate com meu estado de espiríto daquele momento. Não sei também a quanto tempo tenho estas linhas registradas em um caderno usado. O fato é que ontem encontrei este registro e ele de novo me fez pensar sobre a minha ansiedade dos últimos tempos. Tentei analisar a minha ansiedade e angústia (infundadas)  das últimas semanas. Sou uma daquelas criaturas que na verdade não devem se dar ao direito de reclamar de nada. Sou feliz e agradecida ao universo por estar saudável, ter me redescoberto profissionalmente depois de uma longa pausa por poder vivenciar os primeiros anos de minhas filhas com toda a intensidade possível e atualmente não preciso de mais nada. Me perguntava então porque o desânimo, porque a leve sensação de insatisfação e angústia que têm acompanhado. Não encontrei outra resposta senão o peso que a negatividade de uma pessoa mal resolvida  (no ciclo de trabalho) influencia meu estado de alma e faz com que eu me sinta cansada e desanimada. Me pergunto se individuos deste genêro são justos consigo mesmos e com as pessoas ao seu redor: Lançar a própria amargura e frustração sobre quem estiver por perto! Com certeza todos nós já passamos por situações semelhante e infelizmente não estaremos livres delas num futuro próximo ou distante, dai esta necessidade da capacidade e ignorar/ congelar energia negativa. Meu questionamento ainda se refere ao „como“. Embora já tenha lido muito a respeito e tentar aplicar alguns métodos „zens“, ainda me deparo com o problema. Alguém conhece realmente um método eficaz?

 

Beijos e muita energia positiva para você,

que me lê!

Share This:

Schlagworte: , , ,

Kommentieren

*