Posts Tagged ‘Bolo-de-frigideira’

Pfannkuchen – bolo de frigideira

Quinta-feira, Janeiro 13th, 2011

Há diferentes formas de demonstrarmos os nossos mais sinceros sentimentos.

Admito que soa muito esquisita esta expressão – “bolo de frigideira”, mas este é o nome de um dos pratos preferidos da Laura. Normalmente, nas quartas-feiras ela chega da escola – meio que perguntando e afirmando:
_ Kochst du (você cozinha ?) Pfannkuchen, né mama?
Eu respondo em português, como sempre. Só falo em português com Laura e Vic, mas elas automaticamente em alemão comigo… não é o ideal, mas ainda estou satisfeita com o fato de que quando estamos no Brasil não preciso traduzir nada e ao mesmo tempo elas tentam por elas mesmas se comunicarem num português meio capenga, mas eficiente.
_ O que você acha Lauri ?
Ela sorri apenas, pois antes já sentiu o cheiro espalhado pela casa e esticou os olhos para dentro da frigideira.
Não me lembro que minha mãe subsitituia um bom almoço (arroz, feijao, verdura, carne ou ovos) por um prato doce, mas aqui na Alemanha isto é comum. Resisti um tempo para oferecer como almoço “bolo-de-frigideira” para minhas filhas, mas Laura insistiu tanto na questão que cedi e ela fica feliz da vida por poder comer uma vez por semana bolo-de-frigideira com calda de chocolate ou Puder Zucker (pó-de-acúcar). A receita que já memorizei e considero muito simples e boa é a seguinte:

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 250 ml de leite
  • 125 g de trigo
  • 1/2 colher de chá de pó-Royal
  • Açúcar a gosto

Modo de fazer:

  • Coloque o leite em uma vasilha com certa profundidade;
  • Acrescente o trigo;
  • Bata com a batedeira até que o trigo esteja completamente dissolvido no leite;
  • Acrescente um ovo – bata por segundos a massa e assim sucessivamente;
  • Acrescente acúcar ;
  • Bata a massa que é realmente meio que líquida;
  • Acrescente o pó-royal e bata apenas por segundos a massa;
  • Enquanto a massa descansa um pouco, coloque a frigideira para aquecer com um pouquinho de óleo ou manteiga, melhor ainda Rama Culinesse;
  • Sem que a frigideira esteja muito quente, despeje uma quantidade razoável de massa para cobrir toda a frigideira, mas sem se tornar uma camada muito grossa;
  • Aguarde até observar que a parte que está em contato com a frigideira não está mais totalmente líquida;
  • Vire a massa;
  • Quando os dois lados da massa estiverem “levemente marrons” está pronto o 1° bolo , que pode então ser servido e deve ser comido ainda quente.

Observações:

  • Com esta porção de massa preparada, se for usada uma frigideira grande, obtêm-se 4 ou 5 bolos. Eu uso uma pequena frigideira que é exclusiva para bolo-de-frigideira  e obtenho 7, 8 porções;
  • Este prato pode ser oferecido também como sobremesa, sem exagero na quantidade;
  • Quem está administrando o fogão, dificilmente pode sentar-se a mesa e comer ao mesmo tempo que as outras pessoas, pois tem-se que ficar de olho na massa que deve/e ou pode ser virada “no ar”, porém melhor quando se tem certa prática, então é até divertido!

Beijos