Posts Tagged ‘Carreira’

A vida começa aos 50!

Sexta-feira, Julho 18th, 2014

"Alguns obstáculos em nossa vida, são apenas pedras que nós mesmos colocamos em nosso caminho". Irmgard Erath

Como as mulheres de 60 vivem atualmente:

Sociedade: Nas recentes décadas muitas coisas mudaram, e não apenas na moda. Porém, a igualdade entre homens e mulheres, continua sendo um processo não concluído.

Frankfurt: a chanceler Angela Merkel completou ontem 60 anos. A imagem das mulheres desta idade alterou-se radicalmente. No mesmo ano  de nascimento de Merkel – 1954 – comemoram também aniversário: a contora de Blues Bessie Smith e a danςarina Martha Graham. Atualmente, ao lado de Melkel artistas como Jutta Speidel ou Sabine Postel refletem a imagem atual das  Mulheres de 60 anos.

Cortes de cabelos práticos e modernos ao invés de penteados complicados e carreira ao invés de serviςos domésticos: “A imagem da mulher de 60 mudou completamente”, afirma Ulrike Mascher (75 anos):  Presidente das Associações Sociais VdK – Alemanha. As alteraςões comeςam na moda, afirma Ela. Se os kilos permitem, pode-se usar qualquer roupa. As mães provavelmente podem usar as roupas das filhas e vice-versa.

Antonio Weinitschke, representante da Associação de cabeleleiros afirma:  a mulher de 60 na atualidade, tem as mesmas características de uma mulher no ínício dos  40. O que mudou de forma tão significativa na vida de nós mulheres?

1- Moda: Mulheres com 60 anos, segundo a opinião de profissionais, podem usar todos os modelos. “Moda não tem mais idade”, afirma Nina Peter do Instituo Alemão de Moda. Jovens e Maduros, em termos de moda não se diferenciam mais tão drasticamente. Até mesmo no trabalho a forma padrão de se vestir foi superada (…). “Uma mulher adulta pode simplesmente combinar um Blazer com Jeans e sair para o escritório. Pode-se combinar tudo com tudo, atualmente”.

2-Cortes de cabelos: “A moda não tende mais a envelhecer como antigamente”, categoriza  Antonio Weinitschke.” Os cortes conservadores dos anos 50 e 60 foram substituidos por cortes esportivos, simples e práticos. “A maioria das mulheres de 60 pintam seus cabelos. Os brancos são para pessoas com características muito especiais ou clássicas avós. Não precisa-se necessariamente de um corte super curto, deve-se observar qual o corte que se harmoniza com  cabeςa e corpo. Existem também mulheres de 60 com lindos cabelos na altura dos ombros.

3-Expectativa de vida: Mulheres de 60 anos, têm segundo as estatísticas, em média ainda 25 anos de vida a sua frente.(…). A expetativa de vida para as meninas que estão nascendo ainda será, claramente, mais elástica. Elas terão ainda provavelmente, segundo as pesquisas, outros 11 anos de vida, quando se compara a expectativa de vida das meninas nascidas no comeςo da década de 50.

4-Casamento e divórcio: Mais que 1/3 dos casais se separam – a maioria em funςão da iniciativa feminina. Até meados dos anos 70, na Alemanha, a culpa por separações era atribuida aos príncipes. Consequência: “Mulheres, na Alemanha Ocidental, por questões financeiras, não podiam se separar” – afirma a socióloga Corinna Onnen. E complementa: “Quando se pretendia casar, as moças eram enviadas para uma escola de noivas (Brautschule), com o objetivo de se evitar qualquer erro na relação. A imagem da dona de casa satisfeita e feliz  deveria se sobressair em contraposiςão à submissão imposta através do domínio masculino. Na Alemanha Oriental a emancipaςão feminina foi um fator muito importante para o sucesso econômico da região leste do país.”

5-Posiςões de chefia: Uma posiςão de ponta? Para as mulheres, há 60 anos?  Impossível!

Até a regulamentação de novas leis conjugais e direitos de família nos anos 70, o marido poderia obrigar que sua esposa  se despedisse do seu trabalho, mesmo contra a sua vontade. Atualmente 110.000 dos 3,2 milhões da forςa de trabalho feminina que tem entre 55 a 64 anos, encontram-se em posições de chefia (Estatísticas do Governo Federal – Alemanha). Em 1993: 65.100 entre 1,2 milhões.

6. Família: No país, os cuidados com os idosos e doentes seriam, sem a mão de obra femina, catastróficos – reflete Ulrike Macher  (Vdk -presidente).  “A família ainda é a maior responsável pelo acompanhamento e cuidado com as pessoas de idade e doentes. E a dedicaςão é praticamente despendida por esposas, filhas ou noras e principalmente por Mulheres que têm em torno de 60 anos de vida. Muitas vezes também Elas ajudam seus filhos na educação e cuidados dos próprios filhos (…)”.

7.Emprego e Família: Apesar de todo o esforςo e avanςo na conciliaςão entre emprego e família, a socióloga Corinna Onnen afirma: “Quem se sente responsável pelos trabalhos domésticos? Poucos homens, ainda, se encontram neste barco. Enquanto as Mulheres conseguirem, sozinhas, desempenharem todos os papéis poderão dedicar-se à uma carreira. Quando Elas se deparam com suas próprias limitações então há dificuldades, e os problemas surgem.

Esclarece ainda  a socióloga: “O desejo da Mulher jovem em ser independente financeiramente e ao mesmo tempo ser mãe representa um grande desafio para os próximos 60 anos.”

Traduςão da matéria de Ira Schaible para o  Rhein-Hunsrück-Zeitung de 17.07.2014

Beijos, com esperanςa!

Lindo fim de semana para você, Menino ou Menina, que fez a gentileza de me visitar!