Posts Tagged ‘Natal’

Entre Anjos!

Quinta-feira, Dezembro 25th, 2014

Me sinto quase que  insuportavelmente  feliz num natal tão confortável e quente apesar da temperatura baixa lá fora. Penso no privilégio da saúde física, mental, espiritual, familiar – além do aconchego material que uma casa quente nos proporciona. Sim,  hoje é o dia máximo da esperança, por isso celebramos o nascimento de Cristo, o sinal evidente de esperança. Como eu gostaria de pensar que este sentimento maravilhoso pudesse invadir todas as almas ao menos por alguns minutos!

Me sinto hoje muito bem com a sensação do corpo ligeiramente fragilizado pelo corre-corre do dia a dia e a alma em paz por lutas (internas e externas) bem travadas. Algumas derrotas, mas vitórias imprescindíveis.

Sim meus queridos (as) hoje é um dia muito especial, mas os próximos também! Desejo de coração para cada um de vocês muita força para todas as batalhas que serão travadas depois desta breve pausa natalina. Que vocês, assim como eu, literalmente, permaneçam entre alguns Anjos.

Beijos e muita p a z!

Ps Esta história de anjos conto numa próxima!

Luzes e Advento

Segunda-feira, Dezembro 1st, 2014

A felicidade tem morada na harmonia pessoal e universal e não em "coisas".

Os dias escuros e curtos nos abraçaram de novo! As flores de verão e outono foram decepadas dos jardins, afinal elas não têm chance de sobrevivência com a geada que cobre cada centímentro de solo no hemisfério norte. Já fazem semanas que as aves selvagens partiram para o sul. Observo sempre o fenômeno com uma certa melancolia dolorida no peito. Procuro me animar pensando na luzes de natal que iluminam também o inverno frio, longo e deprimente que  chega, quase sempre sem atraso!

Sim. as luzes estão expostas e ontem vivenciamos o nosso primeiro domingo de advento. No sábado, entre compras,  e responsabilidades fiz questão de providenciar o nosso “Adventskranz” (girlanda) . Estava pensando no aconchego de um domingo em família, na expectativa de um tempo em paz e esperança  não apenas no meu círculo, mas numa atmosfera positiva para todo o universo. Eu pensei que seria um bom tempo para uma pausa de guerra, pobreza, doença e sofrimento para todo o planeta – um sonho de natal?

Penso que o tempo de advento é mesmo assim, nos aproximamos de nós mesmos, das pessoas que nos são queridas e sobretudo sonhamos embalados, suavemante, na mensagem de esperanςa que o filho de Deus representa. Afinal comemoramos em breve o nascimento paupável Dele – um dos grandes presentes do Criador para a humanidade – seu filho esteve entre nós, sentindo nossas misérias, banalidades, fraquezas e fortalezas.

Não seria fantástico uma trégua para a destruição, o racismo e  a fome sobre este planeta?

Talvez poderíamos presentear ao invés de coisas materiais, tempo e carinho para todas as pessoas que encontrássemos? Não seria um bom começo?

Linda semana!

Beijos!

“Esta decidido:

Quarta-feira, Dezembro 25th, 2013

"Não precisamos viver imeditamente como vivemos ontem..."

Eu não vou para lugar nenhum. Não, eu fico aqui, eu fico imóvel, eu tento ainda uma vez com o Natal!

Isso não é fácil, eu sei. Mas sair correndo por ai não é possível e não ajuda em nada.

O que pode ajudar sentir-se parte desta festa?

Provavelmente festejar, mas… sem grandes expectativas.

Não tem que estar nevando como nos tempos de infância.

O apartamento não tem que estar realmente organizado. As mensagens de natal podem também chegar no ano novo.

Eu não preciso me sentir mais alegre que nos outros dias.

Eu não espero que de repente as pessoas sejam mais simpáticas comigo do que normalmente.

Eu também não preciso ser mais simpática do que normalmente.

Eu não posso implantar paz sobre a terra e na família, em apenas uma “feliz” semana de Natal.

Eu quero sem pressão, e não necessariamente decidir como, quando, e se eu vou presentear ou não (…).

Expectativas que deposito em mim mesma ou em outras suposições pretendo deixar a parte. Pretendo em contrapartida ganhar tempo para observar e sentir esta festa diferente de dentro para fora, não quero ouvir piadas, slogans, apelos ou discussões inúteis.”

PS.: Obrigada queridas Irmgard um Bettina por me enviarem este texto sensacional!

Danke liebe Irmgard und Bettina für die Zusendung dieses erstaunlichen Texts!

Auf Wiedersehen!

Para você que me presentea algo maravilhoso – seu tempo! O tempo para me ler, o tempo para me incentivar, o tempo para me prestigiar, o tempo para compartilhar comigo preocupações, sorrisos, lágrimas, críticas, sugestões – muito obrigada! Desejo a você neste Natal e nos dias que  não são Natais muita saúde, alegria, otimismo, discernimento entre valores e sobretudo que tenha tempo para cultivar verdadeiras amizades e fazer declarações de amor para as pessoas e para os bichos que fazem parte de sua vida, afinal são Eles que adoçam as frustrações nossas de cada dia!

Beijos com amor!

“Um natal…

Terça-feira, Dezembro 20th, 2011

Um feliz natal, de amor e paz prá você..."

Tudo de bom! Alles gute! Todo de bueno!

Quarta-feira, Dezembro 15th, 2010

Novamente estamos em rítmo de compras e preparativos para a festa mais popular e linda do ano. É muito difícil para mim imaginar alguém que realmente nao se contagie pelas luzes, pelo cheiro doce de marzipa e  canela que sentimos com mais frequência nos ambientes. Eu, desde crianca, me encanto e me envolvo bastante com a atmosfera de natal independentemente de presentes, pois meus pais nao nos presenteavam já que a família sempre foi muito grande. Agora quando lanco um olhar para este passado fico na verdade feliz por nao ter herdado a sede de consumo que impulsiona muitas pessoas a perderem horas com compras ao invés de compartilharem momentos aconchegantes e tranquilos com sua família e amigos. Com os meus pais eu vivenciei natais especiais, simples e felizes. O meu coracao batia mais rápido quando preparávamos o presépio e todos os dias podia ligar a luz da casinha de José e Maria até o dia 24 de dezembro, a qual na virada para o dia 25 recebia o bebê – Jesus. Eu me enchia de alegria quando no dia 25 tínhamos a casa lotada de adultos que conversavam tranquilamente entre si e de criancas que corriam para todos os lados cheias de ansiedade pelo almoco mais especial do ano. O dia era simplesmente de alegria e paz!

Após as festas de natal nos pegamos fazendo retrospectivas, balancos e planejando com mais objetividade o ano novo. Nem sempre gostamos do que sentimos. Já  vivenciei vários finais de ano nos quais eu nao me sentia motivada a pensar no próximo pois  faltavam-me perspectivas, mas em outros como neste – estou otimista que o próximo ano me proporcionará muitas oportunidades de aprendizagem e realizacao. Se bem que quanto a 2010 nao posso reclamar, pois entre outras atividades, publiquei o meu projeto, o que ainda me proporciona  momentos  e contatos muito positivos. Além do mais nao nos faltou absolutamente nada, sinto muito apenas pelas pessoas que nao tiveram a mesma sorte que a nossa e passaram dias confinados em camas de hospitais ou em suas casas sob martírio de uma doenca.

Eu gostaria, agora, na verdade de escrever uma mensagem de esperanca! Nao é patético se envolver com a atmosfera de fim de ano e desejar para as pessoas que conhecemos ou nao que elas tenham um Natal cheio de saúde e harmonia interna e que os nossos sonhos possam sim se realizar no ano novo que bate à porta!

Beijos.

Dicas e truques…

Quarta-feira, Dezembro 1st, 2010

Inovar na decoracao pode ser uma boa terapia

Desde ontem tenho bancado a auto-didata para instalar novidades no meu blog. Posso e tenho que desabafar: trágico! Tenho  tentado ler dicas de como – por exemplo – criar o meu próprio gravatar (imagem personalizada na Web), porém antes de chegar a qualquer informacao clara e objetiva me deparo com mil chamadas de propagandas dos mais diferentes produtos existentes no mercado…  Que canseira! Que poluicao visual!

Desisti! Joguei a toalha! Sou um fracasso na arte de manipular ferramentas técnicas. Me sinto motivada a publicar duas informacoes que me ajudam “de verdade” a facilitar a minha vida enquanto mae e dona de casa. Sao dicas que amenizam um pouco os custos e o stress que, mesmo contra a nossa vontade, nos ataca no fim de ano em funcao dos rituais e tradicoes que envolvem as festas natalinas.

A primeira dica é sobre decoracao:

Este ano eu nao tive coragem de pagar para obter rodelas de frutas (laranja, maca e limao) secas que fazem parte,  normalmente, da decoracao. Experimentei e o resultado foi ótimo. Há cerca de 4 ou até mesmo 5 semanas atrás cortei as frutas em rodelas nao muito finas ou grossas. Por alguns dias espalhei as rodelas diretamente sobre o aquecedor (Heizung) e a cada dia trocava o lado que receberia diretamente o calor. Depois, simplesmente, por vários dias eu as deixei em uma bandeja próxima ao mesmo. O efeito me agradou bastante principalmente o da laranja e limao  – ficaram até mais lindas que as compradas.

A segunda dica se refere às bolachinhas:

Logicamente é muito mais simples passar em um supermercado ou padaria e comprá-las, mas quando se tem criancas nao se pode tirar o prazer delas ao nos ajudarem a fazer em casa as próprias bolachas, além do que é muito gostoso o cheiro que se espalha pela casa quando as mesmas estao sendo assadas. O ambiente fica por algumas horas impregnado de mais calor e aconchego  com  o cheiro da bolacha  misturado ao do cipreste, o qual me faz recordar a minha infância e o encanto de ajudar minha mae na organizacao do nosso presépio, cuja cobertura era de cipreste.  Era um tremendo fascínio para mim participar na montagem do presépio que na minha opiniao era um dos mais lindos do mundo!

Bem, já há três anos utilizo as mesmas receitas para as nossas bolochas e a mais simples (Edeles Sprittzgebäck) e gostosa é a seguinte:

Ingredientes para cerca de 8 porcoes:

  • 800 g de trigo
  • 400 g de manteiga
  • 400 g de acúcar
  • 0,8 Pck de pó Royal (Backpulver) ou seja ca 50g
  • 3 ovos médios
  • aroma de limao (Zitronenaroma) – algumas gotas conforme o gosto
  • 1 pacotinho de acúcar de baunilha ou seja ca 60 g

Algo de cobertura:

  • Chocolate branco
  • Chocolate escuro

Preparacao:

  • Bata a manteiga, acúcar e ovos até ficarem bem cremosos. Acrescente entao o acúcar de baunilha, pó royal e trigo. Amasse bem até a massa ficar totalmente homogênea.
  • Coloque a massa por uma hora, na geladeira, para descancar.
  • Prepare o espaco onde serao assadas as bolachas, necessitando apenas papel manteiga sobre o mesmo.
  • Passe  a massa pela máquina de moer carne (que deve ser usada exclusivamente para as bolachas), utilizando os acessórios para “Spritzgebäck”.
  • Coloque devagar e espalhe as bolachinhas sobre o papel manteiga.
  • Para assar as bolachas você nao precisará mais de 15 minuntos em forno a 180°.
  • Deixe as mesmas esfriarem.
  • Em banho maria derreta o chocolate.
  • Decore as bolachinhas com o chocolate derretido de acordo com a sua criatividade de todos envolvidos na acao.

Informacoes  extras: Tempo para preparacao – cerca de 45 minutos.

Dúvidas? Sugestoes? Nao se intimide, escreva-me.

Bom apetite e muita diversao para grandes e pequenos!

Beijos.

Inverno, natal, criatividade e muito mais…

Segunda-feira, Novembro 29th, 2010

Doces e originais.

A neve cobre a paisagem lá fora. O fim do mês de novembro nos trouxe o inverno de volta e com tamanha convicςão que fomos pegos meio que “de  salto” pelo gelo e este ar sibérico que invade nossas vidas e se permitirmos também nossas almas…mas, não, nossas almas? Claro que não! Ao contrário! Como somos “garotas” aplicadas na arte de aprender com a vida, lá estávamos nós aproveitando já a atmosfera de natal (coroada pela temperatura abaixo do nível zero) para apresentar nossos produtos exclusivos e lindos para o público da pequena  cidade de Emmelshausen e vilas próximas – aproveitando a tradição do Mercado de Natal (Weinachtsmarkt), o qual, normalmente, atrai pessoas de todas as idades por seu charme e encanto. Para mim este mercado recorda sempre um parque de diversão dos meus tempos de criança – a aventura que representavam os carrocéis, a atração das maςãs com coberturas extras, a confusão de muitas pessoas indo e vindo… de onde? Para onde? Eu me perguntava naquele tempo.

Este fim de semana vivenciei uma experiência inédita trabalhando do “outro lado da mesa”, ou seja, em um lugar fixo e com a possibilidade de observar as pessoas indo e vindo. Foi muito interessante estar por várias horas entre pessoas com fisionomias desconhecidas ou não. Eu pude experimentar uma outra faceta de um mercado de natal, desde a obtenção de uma licenςa para compor um estande até a satisfacao por ouvir diretamente do público  os elogios – bastante merecidos, diga-se de passagem – aos produtos preparados por duas grandes amigas, aliás com muita competência, carinho e dedicação.

Basicamente o nosso estande foi composto por produtos para decoraςão de natal e sugestões para presentes.  Regina e Carmem trabalharam muito para aprontar as lindas sugestões e eu tive a satisfaςão de participar da equipe como ponto de apoio. Para mim foi uma experiência muito interessante o contato direto e constante com o público. Posso afirmar que o saldo da aventura foi positivo.

Regina e Carmem têm alguns de seus produtos na”DaWanda”, porém em breve poderão ser visitadas em  páginas próprias  na Web.  Tenho certeza que ficarão muito felizes com a possibilidade de novas visitas e prováveis comentários, pois elas são duas de algumas super mulheres que tenho muito  prazer em conhecer, pois são além de muito talentosas, honestas e doces!

Desejo, de coração, que elas persistam e tenham o sucesso que merecem em seus projetos de vida.

Elegantes e inocentes.

Desejo, de coração, sucesso para todas as pessoas de boa vontade deste planeta e quem sabe de outros também!

Beijos e linda semana!