Posts Tagged ‘notas’

Muitos têm stress ou (melhor) pressão!

Quinta-feira, Novembro 22nd, 2012

"Wer die Relativitätstheorie befriffen hat, dem fällt Ein-Stein vom Herzen/ Quem compreendeu a teoria da relatividade, derrubou uma pedra do coração." Gerhard Krug

Um pequeno bálsamo para mães/pais e crianςas…

Vocês se sentem por parte da escola algumas vezes realmente pressionados e têm a sensação de que no momento tudo é demais? Então vocês nao estão sozinhos. Pesquisadores obtiveram muito recentemente o resultado de uma grande pesquisa realizada em todo o território alemão e concluiram através das respostas às perguntas por Eles elaboradas que uma a cada três crianςas que frequentam as segundas e terceiras séries se sentem muitos stressados, ou seja sob muita pressão no ambiente escolar. Segundo os resultados da pesquisa os fatores de stress que  acompanham e perturbam os pequenos em suas rotinas de vida para  podem ser ordenados da seguinte forma:

  1. Escola;
  2. Brigas e aborrecimentos;
  3. Situaςões de conflitos na família.

Mas o que significa realmente este termo -stress- tão moderno e popular?

Do  inglês para o português podemos traduzir para pressão/tensão e para o alemão – Druck/Anspannung.

Sob pressão todos nós  reagimos de forma especial tanto física, mental, psicológica ou espiritualmente. Estas reaςões nos ajudam a sermos capazes de solucionar certos problemas e superar muito desafios. No entanto muitas pessoas não se sentem bem quando muito pressionadas e procuram assim aconchego na solidão e em situações de ralaxamento. Por isso é muito importante que encontremos em nossas rotinas de vida o equilíbrio entre tensão e relaxamento, pois convivermos bem com a tensão nos fortalece para a superaςão de novos desafios, mas por outro lado não devemos esquecer do relaxamento e nos dedicarmos também aos nossos hobbys. Ouvir música, praticar esportes, brincar ou simplemente não fazer nada – só isso pode nos ajudar com muita frequência a enfrentar o próximo dia com mais disposiςão e otimismo!

Texto traduzido “praticamente” na íntegra da coluna Kindernachrichten/notícias para crianças: Jornal Rhein-Hunsrück. Nr.: 272 – 22.11.12

Ps: A matéria de capa de hoje do jornal veio a calhar com o meu momento. Me sinto agora melhor por saber que não estou sozinha na batalha. É muito triste para uma mãe perceber o stress, o medo e a desolaςão nos olhinhos de uma crianςa que gostaria apenas de ter mais tempo para brincar do que se prender a uma cadeira horas inteiras correndo atrás das melhores notas… Eu sei que se conselho fosse bom, seria vendido, no entanto enquanto mãe e educadora eu cheguei a conclusão que não deveríamos aceitar que nossas crianςas fossem despachadas para a escola com 5 anos.

Beijos para pequenos e grandes!

Balanco do “tempo”

Quarta-feira, Setembro 1st, 2010

Depois da tempestade, sempre vem a calmaria ou vice-versa?

O sol hoje, depois de vários dias carregados de nuvens negras que nos despejavam pangadas de chuva, brilha com muita intensidade. Sinto este dia carregado de luz como um presente da natureza, mas bem devagar sinto que o verao está se despedindo e da janela da minha cozinha percebo que as folhas da árvore de nozes que temos no jardim já estao se tornando ligeiramente amarelas… outro dia  ví também um pequeno esquilo, ainda quase um bebê, correndo por alí, afinal é tempo deles comecarem a organizar a dispensa para o inverno, que chega com a mesma certeza de que 2+2=4.

Ontem tivemos já um balanco do verao 2010, o qual traduzi literalmente:

  • O verao teve    algo de  uma montanha russa: às vezes frio, às vezes quase insuportavelmente quente, também tivemos tornados varrendo por aqui, mas o verao com 17,8 graus (em média) de junho a agosto foi um dos mais quentes desde de 1881. O balanco de brilho de sol no sul com 662 horas pode ser considerado também como muito bom!

Eu nunca pensei em um balanco de verao e muito menos do tempo que o sol brilhou, mas aqui se acostuma com este tipo de informacao, bastante precisa, como normalmente agrada aos alemaes e pode deixar uma pessoa de cultura latina com raiva, quando a precisao nos é exigida com mais  frequência que gostaríamos. No entanto hoje eu estou um pouco “passada” com outros números. Laura chegou chorando da escola. Na segunda semana de aula já está estressada, triste e decepcionada com duas notas: uma em ditado, para o qual ela se preparou e aqui em casa teve um bom desempenho, mas a nota que recebeu hoje está longe das suas expectativas otimistas e para finalizar a manha letiva, fez um trabalho de matemática e já espera um resultado nada bom. Ela me disse que nao tem “nada de bom pressentimento” quanto à nota que vai chegar. Eu já estou muito preocupada, pois quando ela diz isto o resultado ainda é pior que o esperado ( Sheiße!). Eu com o meu coracao apertado e dolorido de mae, me peguei criticando (comigo mesma e depois com a minha melhor amiga alema que tem um filho na mesma classe de Laura) as  professoras por já na segunda semana de aula estarem sobrecarregando e pressionando as criancas  com resultados transformados simples e puramente em números, ao invés de proporcionar-lhes oportunidades para aprenderem mais, detectarem suas dúvidas e saná-las já que para as notas há ainda um ano completo… e o pior é  cada nota já é importante na definicao do  futuro das criancas, já que depois dos 4 primeiros anos  de escola os pais recebem  uma “recomendacao” – que no passado era inflexível, mas atualmente nao –  para qual escola a crianca deve ir e geralmente àquelas consideradas nao uma crianca “1 ou 2” (melhores notas) sao encaminhadas para turmas relativamente fracas, cujos componentes  nao têm muitas chances de futuramente   frequentarem uma Uni. Laura ainda nao pensa tao longe e nem está muito interessada em ser uma n°1 ou frequentar os bancos de uma universidade,  mas  está arrasada… muito triste e com medo das consequências dos seus últimos desastres. Eu, claro, também… este é o mais recente saldo do  nosso balanco personalizado…

Beijos, na esperanca de  melhores resultados!

Informacoes reais sobre o balanco de verao – fonte: Rhein-Zeitung (31/08/2010).