Posts Tagged ‘Plugins’

Ano novo, velhos problemas?

Domingo, Janeiro 2nd, 2011

"A vida é um jogo, jogue-o"! Madre Tereza de Calcutá.

Domingo a noite. Segundo dia do ano novo. Há realmente a sensacao de algo novo? Pensando bem, tenho sim a certeza de poder usar certos novos objetos que para mim parecem um super luxo, como por exemplo o meu novo Laptop (com o qual nao tenho ainda muita intimidade) ou tao ou mais interessante ainda ter a possibilidade de  fazer um pouco de esporte (na esperanca de perder 2 kilos e eliminar uma dor incômoda nas conexoes de alguns ossos) com a ajuda e incentivo de  um treinador pessoal através de um jogo para Wii, denominado Wiifitplus – uma novidade muito agradável, ao menos para mim, Laura e Vic. No entanto, as últimas horas, as quais  nos trouxeram tantas possibilidades de descanso, aconchego e confraternizacao nao foram, infelizmente, preenchidas apenas com momentos de alegria e discontracao. Com toda a família em férias, as oportunidades também para rusgas e discórdias crescem. As criancas precisam de ocupacao enquanto os adultos querem a manutencao da ordem e relativo silêncio. Eu cresci num ambiente meio caótico, entao nao tenho muitos problemas com o vai e vem de pessoas,  porém meu marido nao. Para ele é difícil observar que nem tudo está dentro do padrao da ordem considerada por ele aceitável. Uma das expressoes que mais tenho ouvido nos últimos tempos – hast du kaputt gemacht? (você estragou?) – tem me causado verdadeiro pânico. Estragar algo nao é agradável para ninguém em qualquer lugar do mundo, penso eu. No entanto por aqui, a coisa tem uma outra dimensao – catastrófica mesmo. Prefiro pensar que por questoes culturais, pela heranca incubada dos dias sombrios que as guerras trouxeram para a populacao civil. Para mim, ainda é muito difícil conviver com o medo de a cada minuto poder estragar algo. E, acredito que por este mesmo receio absoluto, eu e as criancas acabamos  organizando pequenos estragos pelo apartamento afora, o que causa logicamente mal estar em todos nós. Por isso, hoje  eu havia planejado escrever um post sobre como “aprender a brigar de forma eficiente” – algo que li e considerei muito importante – mas fui digitando simplesmente palavras que se tornaram frases com uma conotacao mais pessoal do que um artigo com auxílio psicológico para momentos de crise.

Há ainda muito o que escrever sobre os últimos dias, mas nao há tempo ou atmosfera. Nao posso, no entanto, deixar de compartilhar com vocês  que estou aprendendo bastante devagar, mas com certa eficácia os significados das expressoes:  “Plugins” e “Widgets”. Assim estou um pouco satisfeita comigo mesmo apesar dos últimos pequenos estragos que provoquei aqui. Tenho que ressaltar também que aprendi algo mais sobre como conviver com a neve e o gelo. Fiquei de novo atolada com o carro, já de noite, na vila próxima  e por isso levei  uma bronca extra do meu marido, pois eu cheguei em casa sem o carro e o informei que precisa de um trator, o qual nao foi possível conseguir. Na manha seguinte fomos buscar o carro munidos de pás e picaretas, as quais nao foram necessárias, pois depois de ir com o carro para frente e para trás (no mesmo rastro)  pelo menos 10 vezes meu marido saiu – “triunfante” e com um leve sorriso no rosto – do reduto de neve e gelo, no qual eu havia abandonado o nosso mais possante meio de locomocao. Eu me limitei a observá-lo aliviada, pensativa e concluí lá com os meus botoes; “ah, da próxima vez já sei o que devo fazer…”

Beijos e linda semana.