Posts Tagged ‘Relaxamento’

Doce aconchego

Sexta-feira, Outubro 21st, 2011

"Ninguém é de ferro".

Hoje é o meu dia preferido da semana: sexta-feira. No Brasil era o meu dia perfeito para Happy Hour. Uma ótima cervejinha no calcadão de Itajubá para paquerar e papear… como o tempo passa rápido! Isso foi há anos atrás! Atualmente não participo mais de Happys Hours – infelizmente! Tenho que buscar a descontraςão aqui mesmo fechada no apartamento. No entanto nao tenho do que reclamar, pelo contrário tenho apenas  que agradecer – por poder relaxar da semana super movimentada observando o pôr do sol através da janela da minha cozinha e depois poder sentar-me numa sala bem aquecida acompanhada da minha pequena família e de uma taςa de vinho, ou seja ninguém pode exigir mais da vida!

Minha semana foi fantástica a0 contrário das minhas previsões super pessimistas, que me tiraram o sono durante o fim de semana. Corri bastante de um lado para o outro, mas vivenciei novas situaςões que me acrescentaram muito e tive o privilégio de visitar duas mulheres muito especiais que me abalaram com suas próprias experiências de vida. Quem sabe um dia escrevo sobre estas visitas. Hoje ainda tenho um longo dia pela frente e o assunto sobre o qual conversamos é muito importante para ser exposto em poucas frases num post escrito às pressas…

Às pressas eu gostaria de escrever uma dica de relaxamento. Apliquei em dois dos meus grupos de trabalho esta semana e observei que foi bem recebida.

Massagem para  pequenos e/ou grandes:

Brincando de chuva:

  • Material: algo confortável, mas não muito macio, para se deitar
  • Música: calma, relaxante.
  1. Garoa – leve massage apenas com as pontas de todos os dedos pela regiao das costas;
  2. Chove – as gotas se tornam mais pesadas, ou seja, os dedos ganham um pouco mais de forςa para a intensificaςão da massagem;
  3. Chove forte – com intensidade e rapidez as costas são massageadas ainda com as pontas dos dedos;
  4. Chuva de pedras – a massagem é feita com as mãos em punho com uma intensidade moderada para ser agrádavel, mas não dolorosa;
  5. Neva – com cuidado:  dos ombros para baixo, os dedos sao  levemente escorregados;
  6. O céu se fecha – devagar cobrir com as mãos abertas a região das costas;
  7. O sol brilha de novo – retirar as mãos, o que significa fim da “sessão” massagem.

Quem sabe esta não seja uma doce  opςão para um momento de aconchego e descanso no fim de semana?

Beijos.