Posts Tagged ‘Salada’

O Palmito perfeito…

Segunda-feira, Maio 14th, 2012

O que que a "mineira" tem.... Oh...

constatei ontem ao determinar o cardápio do almoςo, afinal foi o dia das mães! Sinceramente não ficaria chateada se me convidassem para almoςar num desses restaurantes com vista para o Reno ou às margens do Mosel, mas a verdade é que como todos estávamos muito ocupados aqui em casa mesmo, sem reclamar de nada fui para o fogão… afinal Laura e Vic já haviam me presenteado com muita alegria e carinho algo que elas mesmas compraram e os respectivos cartões que desenharam e pintaram, além do que (quase) prepararam o café da manhã  para nós. Eu estava sim feliz com a autenticidade da minha pequena família em não estar muito eufórica com o dia das mães… prefiro assim… tudo muito simples, tranquilo e verdadeiro!

Depois de limpar o recinto do mais recente membro da família – Leo, o coelhinho – e continuar a faxina que havia comeςado na sexta, comecei a preparar o almoςo ao cozinhar o feijão preto que trouxemos do Brasil. Eu estava desde sexta decidida em preparar para nós a minha feijoada exclusiva (Feijoada a la Alemanha), arroz branco e uma ótima salada de alface, tomate, cebola e palmitos. Normalmente tudo muito saboroso e fácil de preparar. A minha grande dúvida era se realmente os palmitos enlatados que também  trouxemos do Brasil seriam àqueles macios, suculentos, perfeitos e raros de se encontrar em qualquer grande ou pequeno supermercado mesmo no Brasil. Por isso mesmo resolvi hoje compartilhar o meu entusiasmo com os últimos palmitos que trouxemos. Infelizmente, preocupados com o peso das malas, trouxemos apenas uma lata, a qual compramos no Mercado Muncipal de Itajubá– em uma daquelas vendas tão especiais, com os sacos de estopa lotados de cereiais por todo o canto, prateleiras recheadas de condimentos, garrafas de cachaça que acobertam todas  as paredes e uma infinidade de artigos interessantes como palhas de milho especialmente cortadas para cigarros e rolos enormes de fumo. Neste paraíso que amo visitar – assim como Jörg, Laura e Vic, além de me transportar para uma viagem gostosa para o tempo dos meus pais – encontramos, sob a recomendaςão do proprietário do armazém, cujo nome infelizmente não observei – o melhor palmito que já comi nos últimos anos. Como sempre, eu estava muito preocupada em analisar a qualidade dos palmitos nas embalagens de vidro, porém Ele gentilmente me informou: “Os palmitos  desta lata são os melhores!” Eu duvidei um pouco de sua convicςão.  Ele observando a minha reaςão de desconfianςa, entre sorrisos, continuou a conversa: “É sim! Todo mundo volta para comprar este palmito…”

Eu acabei optando pelo palmito indicado e ontem pude verificar que realmente eles estavam, absolutamente perfeitos – assim como todo o almoςo (quanta modéstia!).

Beijos e quem sabe vocês ainda poderão concordar comigo!

Atenção! Picante!

Quinta-feira, Março 24th, 2011

Uma breve  sugestão de cardápio para o fim de semana, o qual eu mesma vou experimentar pela primeira vez. Já tenho água na boca!

Chili-Frikallen  (Pimenta vermelha-Almôndegas) com  salada de macarrão e camarão:

Ingredientes (ca 4 pessoas):

  • 200 g Farfalle (macarrão formato borboleta);
  • 1 abacate macio (no ponto);
  • 2 cebolas verdes (Frühlingszwiebel)
  • 250 g tomatinhos ou o próprio legume preferido
  • 4 colheres (sopa) de óleo de oliva
  • 4 colheres (sopa) de vinagre branco (opcional)
  • 2 colheres (sopa) de maionese
  • 1 colher (café) de Ketchup
  • 1 pitada mínima de pimentão em pó
  • pimenta do reino (a gosto)
  • 200 g de camarões pré-preparados
  • Limão

Mode de fazer:

  • Em água fervente, com uma pitada de sal e duas gotinhas de óleo ou um  pouquinho de manteiga – Cozinhar o macarrão “al dente”/colocá-los para escorrer;
  • Partir o abate ao meio, após retirar o caroco e casca – cortá-lo em pequenos cubos  e imediatamente misturá-los com um pouco de suco de limão;
  • Lavar e cortar em pequenos círculos as cebolas;
  • Lavar e cortar ao meio os tomates ou acrescentar outro legume como por exemplo ervilhas;
  • Misturar o óleo, vinagre (opcional), maionese, ketchup e o pó de pimentão – acrescentar sal e pimenta conforme o gosto;
  • Misturar os camarões (depois de secá-los) com o abacate, suco de limão, cebola e tomates e despejá-los sobre o macarrão;
  • Colocá-los na geladeira até o momento de serví-los.

Chili (pimenta vermelha)-Frikadellen (Almôndegas):

Ingredientes:

  • 1 pão francês do dia anterior
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho ou mais – conforme o gosto (amassá-los bem, juntar um pouco de sal – formar uma pasta);
  • 1 pimenta vermelha (ou mais, conforme o paladar)
  • 5 ou mais galhinhos de Thymian (tomilho) – penso que seja opcional, não me lembro deste ingrediente no Brasil
  • 400 g de carne moída mista
  • 2 ovos
  • sal, pimenta do reino
  • 1/2 colher de pó- de -pimenta (ligeiramente doce)- opcional
  • 1/2 colher de mostarda (pouco picante)
  • Schweine-Schmalz ou Manteiga ou ainda óleo – para fritar as almôndegas (Frikadellen).

Modo de fazer:

  • Colocar o pão amanhecido na água para amaciá-lo;
  • Cortar em porções muito pequenas o alho ( ou mesmo socá-lo) e a cebola;
  • lavar e cortar em pequenas fatias a pimenta vermelha;
  • Lavar os tomilhos e retilhar as folhinhas dos galhos;
  • Misurar muito bem a carne, a cebola, o alho, a pimenta vermelha e o tomilho;
  • Bater os ovos e acrescentar o pão em migalhas, após logicamente ter tirado o excesso de água do mesmo;
  • Juntá-los a carne;
  • Com sal, pimenta do reino, pó de pimentão, mostarda – temperar a carne e amassar tudo muito bem;
  • Com as maos molhadas formar 8 a 10 almôndegas formato médio;
  • Frite as almôndegas em manteiga não muito quente, assim os dois lados estarão ligeiramente marrons e o interior cozido.

Sirva as almondêgas quentes ou frias com a salada de macarrão.

Bom apetite!

Ps. Um pouco de criatividade para adptar a sugestão ao paladar próprio será um desafio, assim como a inclusão ou não de alguns ingredientes não tão populares fora da Alemanha.

Beijos.

Infos adicionais: testei ontem a receita e totalmente insatisfeita não fiquei, porém já fiz algumas alterações na receita original e ainda aconselho para pessoas que gostam realmente de “picante” o acréscimo de mais pimenta e Chile. Também para obter mais sabor, acrescentar mais alho e ao invés de abacate para aqueles que não são realmente fãs desta fruta a nossa maionese com pouca gordura ( na Alemanha a minha preferida e imbatível é a Miracle Whip) também ao invés de tomate – ervilhas e ou batatas (cozidas em pequenos cubos). No mais, vale a pena experimentar uma outra variação de Frikadelle, cuja tradução que encontrei foi Almôndega, porém o formato e maneira de cozinhar são um pouco diferentes – ao menos os que eu conheço.