Artikel-Schlagworte: „Sandra Santos“

De Mulher para Mulher!

Montag, 6. November 2017

Realmente um guia prático para a auto-realização. Vale a pena ler!

São tantos os desafios, lembranças, inspirações e impulsos internos e externos que com certeza este post será absurdamente confuso. Ainda tenho as sensações da Sicilia no meu corpo, depois dos dias lindos de sol vivenciados na ilha italiana. Uma nova etapa em minha vida profissional se inicia no próximo mês, o que me causa uma mistura de alegria e tristeza ao mesmo tempo. A perda para o universo de um ente muito querido  e por último as palavras e mensagens certeiras de uma grande mulher, mãe, profissional, escritora e amiga:  Sandra Santos – em (Re) descobrindo quem é você – rodopiando na cabeça.

Sim, com certeza nós mulheres somos malucas, sonhadoras e muito batalhadoras. Exigimos de nós mesmas muito mais do que deveríamos. Esquecemos rápido do que tão arduarmente conquistamos e vamos nos  dividindo em tantos pedaços para auxiliar as pessoas que amamos ou/e então àquelas que precisam de nossa ajuda para dar o próximo passo na direção da vida. Contudo, na próxima manhã, nos aprontamos para os novos dasafios que nos aguardam na vida profissional/ pessoal, paralelemente nos martirizamos por nossas falhas das horas anteriores e buscamos incansavelmente „dar o melhor de nós mesmas“. O fato é que nesta árdua tarefa, nos esquecemos de exigir algo daqueles que nos rodeam.

Se vocês me pemitem um conselho: não se esquecem de si mesmas! Este é o meu atual desafio! Ser feliz comigo mesma e minhas realizações, não me sentir „usada“ e ao mesmo tempo contribuir para dias melhores para todas as pessoas que participam, direta ou indiretamente do meu dia-a-dia.

Com certeza é muito difícil driblar esta nossa capacidade „Multitasking“, a qual Sandra cita também em seu livro, mas  penso eu  que  com uma certa dose de humor …  e algo mais … sim, é possível!

Para você saber mais sobre  a Sandra e sua trajetória profissional, bem como seus projetos literários acesse o Seite da Autora o qual é também muito interessante e cheio de dicas práticas para quem saiu do Brasil para se aventurar em terras germânicas.

 

Beijo!

Linda semana!

 

 

 

Share This:

Corredores, dobrinhas, sorrisos e claro: livros…

Mittwoch, 16. Oktober 2013

Estive bem acompanhada em Frankfurt, sem dúvida!

em Frankfurt.

Penso sim que eu poderia simplificar minhas impressões sobre a  Feira de livros em Frankfurt com estas quatro palavras em destaque. No entanto não estou segura se estaria sendo correta e não demasiadamente irônica através da minha visão parcial dos acontecimentos.

Sim, queridos e queridas não que minha vida seja apenas uma sucessão de aventuras, mas confesso que depois de Londres por acaso me percebi novamente atrelada à uma nova aventura – desta vez uma doméstica, apartir da qual conclui que depois de treze anos em terras germânicas me sinto segura o bastante para me locomover por aqui dirigindo, inclusive com minhas filhas através das rodovias  A61, 643 e 66 até chegar no centro de Frankfurt e procurar estacionamento nas proximidades da Feira, localizada num colosso de construção, onde através de pátios internos pode e deve locomover-se de micro-ônibus. Com muita sorte e certamente conduzida pelos anjos encontrei diretamente o prédio de estacionamentos, do qual partiam ônibus gratuitos para os pavilhões da feira – aqui pude me encantar com a capacidade de organização dos alemães – tudo funcionando com a precisão de um relógio suíço.

Bem, já dentro dos inúmeros corredores aquecidos dos pavilhões me senti meio tonta com a diversidade de obras em vários idiomas, as quais estavam sendo expostas por representantes dos respectivos países em estandes bem frequentados ou não. As atrações eram muitas, mas sinceramente a que mais me atraiu foi a presenςa do Brasil. Me senti muito orgulhosa e a vontade no pavilhão brasileiro e gostei muito do que vi: muitas pessoas deitadas em redes que nos lembravam um pouco da tranquilidade baiana, outras tantas acomodadas em almofadas de

Eu e Vic entre amigos especiais: Sandra: autora do Minerinha n'Alemanha e Rubens: autor do trilíngue -Schneelöwen

diferentes formatos, talvez lendo pela primeira vez algo mais de Brasil, outros tantos curiosos assistindo imagens belíssimas das nossas diversidades naturais e conhecendo um pouco dos nossos contrastes culturais… enfim me senti muito bem em vivenciar o meu país de forma tão bem representada neste centro cultural no coração europeu, não nos esquecendo das nossas raízes e de todos os problemas herdados de uma colonizaςão de exploração e suas consequências secularizadas através dos governos sucessivos. Problemas este que foram explicitados muito claramente pelo escritor Luiz Ruffato em seu discurso de abertura, o que lhe rendeu muitas críticas negativas – segundo Ele mesmo, o qual  foi encontrado por acaso pela minha querida Sandra e nos permitiu não apenas cumprimentá-lo pela sua coragem em expor internacionalmente nossos problemas mais graves, mas também por seu apelo à mudanças conjunturais e o papel, além da grande responsabilidade, da literatura nesta dinâmica.

Mas sinceramente acabei me esquecendo dos nossos problemas conjunturais quando encontrei o aconchegante estande da Literarte organizado por uma simpatia de pessoa, jornalista e escritora Dyandreia Portugal a qual tive o grande prazer de conhecer pessoalmente nesta sua estadia em Frankfurt. No pequeno, mas lindo espaço organizado por Ela senti-me realmente em casa, a decoração, a alegria e a descontração que dominava àquele ambiente estava contagiante e sem dúvida poderíamos até ter feito uma rodinha de pagode ali se não fosse o aperto dos corredores. Porém, mesmo sem pagode ou cachaςa de Minas estivemos muito felizes embriagadas com o cheiro de livros, muitos livros e sorrisos expontâneos ou simplesmente colocados para as lentes dos fotógrafos profissionais ou não. E quanto às dobrinhas?

Fica por conta de sua imaginação…

Beijos e linda semana ainda!

Share This:

O Paraíso na Suíςa

Montag, 10. Oktober 2011

Depois de um fim de semana bem cansativo, mas bastante interessante, já que  tivemos o prazer de receber a visita de dois anjinhos de Nürnberg (Luna e Colin),  acompanhados de seus pais – estou eu aqui tentando me concentrar nos desafios que já estão programados para esta semana. Pelos quais tenho apenas que agradecer – os desafios nos mantêm mais vivos e estou muito feliz por estar com saúde e disposiςão para ir  à luta sem me preocupar muito com as pequenas ou grandes dificuldades que fazem parte de novas conquistas. Cada dia que saio da cama me sentindo saudável e em paz já é motivo bastante para agradecer à Deus e à vida. Na semana passada assisti um documentário sobre dois soldados ingleses que voltaram do Afeganistão entre a vida e a morte ao serem „praticamente“ explodidos ao caminharem sobre  território minado. Depois de semanas acordaram de suas comas sem pernas, um deles também sem o braςo esquerdo e o outro com os dois braςos inteiros, mas sem poder enxergar nada… Após meses de terapias intensivas e com muitas vontade de viver abandonaram os hospitais andando sobre suas pernas mecânicas. Fiquei muito impressionada, triste e me perguntando por que ainda há tantas regiões em guerra no mundo e como os governantes são capazes de enviar pais de famílias,  jovens e crianςas para a auto-destruiςão (???). Sei que muitas perguntas deste genêro são feitas por milhares de pessoas sobre o planeta, as quais assim como eu nunca obterão respostas. Sinto muitíssimo por todas as vítimas de todas as guerras que, infelizmente, já foram e ainda são promovidas sobre a terra.

No entanto não quero escrever somente coisas tristes neste post de uma segunda-feira de frio e chuva. Há uma novidade maravilhosa que faςo questão de compartilhar com vocês: meu livro está na vitrine virtual da livraria mais simpática e linda de toda a Europa –  Livraria Varal do Brasil, a qual se localiza num dos cantinhos mais charmosos do Mundo – Genebra/Suíςa. Confira você mesmo Aqui e compartilhe um pouco da minha alegria e orgulho por ter o meu livro alí exposto.

Não posso deixar de agradecer muito a dica, o apoio e o carinho de sempre de Sandra Santos – Minerinha n’Alemanha e da própria diretora da livraria Jacqueline Aisenman – muito obrigada às duas e todo o sucesso que vocês merecem  nos atuais e futuros projetos profissionais e pessoais.

Beijos e linda semana!

Share This: