Posts Tagged ‘Seleςão de lixo’

“Brasil: terra boa e gostosa…” 2

Segunda-feira, Abril 23rd, 2012

Só charme e talento!

Preciso urgentemente escrever de novo sobre o Brasil antes que eu me atole de vez na minha rotina de vida aqui. Após cerca de dois anos sem colocar os pés por lá, tenho que admitir que me surpreendi com a velocidade com que o Brasil vem implantando algumas novidades em seu contexto sócio-econômico-político. Ao sair de Guarulhos, enquanto admirava a beleza e exuberância do verde, não pude deixar de reparar que as pistas estão mais bem cuidadas e limpas e repletas de carros muito bons, além de inúmeros radares eletrônicos que nos pareceram em atividade  (preferi não testar!).  Ficou claro para mim que tem se investido bastante no Departamento de Estradas e Rodagens. Me surpreendi também muito positivamente quando constatei que as sacolas plásticas estão em baixa e foram mesmo proibidas em alguns estados como MG e SP. Ao visitar alguns centros comerciais fui informada que eu  não poderia obter ali uma sacola plástica, o que eu achei muito positivo. Em um dos supermercados de Itajubá tive mesmo a minha compra deposta diretamente no porta-malas – exatamente o que tenho que fazer aqui quando esqueςo da minha caixa para compras ou das sacolas de tecido. Observei que o sistema de seleςão do lixo está bem mais divulgado  que há cerca de 12 anos atrás – quando me envolvi de alma e coraςão num projeto com esta concepςão ainda quando trabalhava na SRE/Itajubá (Superintência Regional de Ensino). Placas e informaςões sobre turismo rural, parques sob proteςão,  trilhas e nichos naturais também pudemos encontrar durante viagens entre os estados do RJ, SP e MG. Penso que há ainda necessidade de muito investimento  na divulgaςão de informaςões e infra-estrutura para que o país seja mais atrativo para o turismo internacional. No entanto com o potencial do Brasil eu só posso vislumbrar um futuro ainda mais promissor para toda a populaςão, a qual tem obrigaςão de cobrar das autoridades as responsabilidades sociais assumidas em época de campanha.

Agora uma linda particularidade que vivenciei em férias: ver e ouvir o Gustavo Riêra cantando e tocando violão. Ele não tem mais que dez anos, mas sua intimidade com o violão me encantou tanto  que acabei pedindo a autorizaςão dos seus pais, amigos de outros tempos de balada Itajubense, para publicar aqui uma foto dele e alguns elogios. Nos nossos poucos, mas super interessantes momentos de conversa, cervejinha e descontraςão o Gu nos surprendia sempre no final com o seu talento natural para a música. Quando ele pegava o seu violão eu tinha, então, ouvidos e olhos só prá ele! Através dele conheci as versões mais lindas de músicas de bandas e artistas como Legião Urbana, Pink Floyd, Gun’s and Roses, Bon Jovi, Bruno Mars (a mais afinada e linda “Talking to the moon” que já ouvi). Laura também ficou bem impressionada por ele saber todas as notas de cor e sua capacidade de improvisaςão, muito diferente do que ela está acostumada aqui – o livro de notas simplesmente pertence ao instrumento e improvisar para os alemães é quase impossível, este é um talento inerente à nossa cultura. Este talento que aprendi a apreciar e admirar mais ainda depois que passei a conviver com  uma outra cultura.

Bem, preciso voltar para a realidade alemã e me desligar dos encantos brasileiros! Os desafios de uma semana dura me chamam!

Beijos, os mais especiais para o Gustavo!