Posts Tagged ‘Diplomas’

Alles bestens – tudo de (diplomas) bom…

Quarta-feira, Fevereiro 1st, 2012

"Quando eu tenho a opςão da escolha, a opςão é pela positividade. O pessimismo não torna o mundo nem um pouquinho melhor". Ringo Star

O frio está lá fora… aqui estou eu bem aquecida da maneira mais natural, econômica e eficiente que existe – por madeira – desde ontem quando temos lá fora temperaturas inferiores a zero graus, mantenho a “lareira acesa”, tentando ignorar o monte de cinzas que  ali se acumulam (nem tudo é perfeito…!)

A semana transcorre um pouco mais tranquila que a anterior e tenho 3 ótimas notícias para compartilhar com vocês:

1- A  primeira apresentaςão da nossa coreografia – “”Wir hexen eine bessere Welt” – transcorreu muito bem, obtivemos uma reaςão bastante positiva do público e as crianςas estavam muito felizes no fim de uma tarde bem movimentada. Hoje temos o nosso ensaio geral para a apresentaςão de domingo, quando o público e o palco  terão proporςões maiores – que os anjos estejam conosco!

2- Laura na sexta chegou satisfeita da escola, pois no seu boletim constavam notas 1,2, 3 (no Brasil – 10/9; 8 e 7) acompanhadas de comentários bastante positivos sobre a sua atuaςão em classe como aluna e colega.

3- Agora uma notícia (com uma conotaςão menos pessoal) que acabei de ler no canto direito da página 19 da revista Focus desta semana, a qual vou traduzir  na íntegra:

Reconhecimento de diploma:

Imigrantes: imediatamente antes ao 5° encontro de cúpula para a Integraςão, a ministra Maria Böhmer (CDU) lanςou questionamentos sobre o processo de reconhecimento de diplomas estrangeiros: “não se pode permitir que um engenheiro iraquiano continue a trabalhar como taxista ou uma professora ucraniana tenha que trabalhar como ajudante nos serviςos domésticos” – afirmou ela com energia. “Imigrantes qualificados precisam ter a oportunidade de  aplicar  seus conhecimentos. Por isso eu apelo neste momento para os estados o mais rápido possível a organizarem e divulgarem os pré-requisitos  para a regularizaςão dos diplomas estrangeiros”.

Logicamente a urgência da regularizaςão dos diplomas se deve também a escassez de mão-de-obra qualificada que assola o país na atualidade.

O governo federal  com a Lei de Reconhecimento, a qual em 1 Abril entra em vigor -vem cumprir seu objetivo de integrar melhor profissionalmente cerca de 300.000 imigrantes.

Ou seja, há esperanςa para profissionais qualificados, os quais por vários motivos foram obrigados a abandonar os seus respectivos países e passaram a viver na Alemnha. Contudo o caminho não deixará de ser árduo e o domínio  do idioma alemão é prioridade – afinal aqui, ainda, a maioria das pessoas fala alemão…

Beijos e tudo de bom!

Diplomas estrangeiros serão reconhecidos mais facilmente

Domingo, Outubro 2nd, 2011

"A possibilidade de realizar um sonho, faz com que a vida seja interessante." Paulo Coelho

Ontem ao ler o jornal pela manhãzinha me deparei com esta notícia, a qual considerei bastante positiva e gostaria muito de compartilhar. Espero que trata-se realmente de uma porta que se abre para as pessoas com qualificaςão e que por um motivo ou outro abandonou o seu país de origem para viver em terras germânicas e  está na luta para reencontrar-se financeira e  profissionalmente.

“Lei: Congresso envia boas-vindas à cabeςas inteligentes:

Berlim: O congresso encerrou uma discussao de 2 anos com relaςão ao reconhecimento de diplomas dos estrangeiros que vivem em território alemão. Com os votos a favor da coalisão dirigente, o Parlamento despacha a lei que permite aos trabalhores estrangeiros trabalharem nas respectivas profissões para as quais estudaram em seus países de origem (…).

Nos próximos três meses serão divulgados as normas gerais de regularizaςão e aplicaςão da lei em todos os estados para o atendimento dos critérios alemães quanto ao reconhecimentos dos diplomas e títulos adquiridos em outros países. Uma linha telefônica será instalada para a aquisiςão de informaςões mais específicas para as pessoas que estarão dando entrada no reconhecimento de seu diploma, o qual será válido para todos os estados do país. Se o reconhecimento do título não for diretamente favorável, o candidato poderá se re-qualificar, no entanto terá que arcar por si mesmo com os custos. Quanto aos médicos a questão cidadania não deve mais estar ligada ao reconhecimento do título.

Cerca de 300.000 pessoas poderão ser beneficiadas com esta decisão do Congresso. (…). Sendo que a mesma é parte das medidas tomadas  contra os problemas que a escassez de mão de obra qualificada vêm acarretando no país. Maria Böhmer (CDU) pertencente ao comissariado para integraςão esclareceu que com esta iniciativa a Alemanha torna-se a precursora de uma iniciativa desta amplitude no Mundo, pois mesmo nos Estados Unidos ou Canadá não existem ainda regras comparáveis a esta. Ela conclama os estados a se ocuparem o mais rápido possível com o tema, pois somente com a regularizaςão federal todos os títulos estrangeiros serão plenamente reconhecidos.”

Traduςão – Informaςões publicadas no jornal Rhein-Hunsrück-Zeitung, n°229 – 01.10.11

Beijos com esperanςa…