Posts Tagged ‘terrorismo’

Os americanos deixam o Iraque

Segunda-feira, Agosto 30th, 2010

Pode-se sonhar com um mundo em Paz?

Esta semana me permiti prever  um mundo menos lotado de conflitos e guerras ao   deparar-me  primeiro com a notícia de que Israel tinha destruído um pedaco do muro que separa o povo Israelita dos  Palestinos.  Infelizmente ainda perdura a dúvida se esta atitude significa o início de uma acao para a paz ou exatamente o contrário – a intensificacao da guerra. Eu prefiro ser otimista e acreditar na primeira hipótese.

Dias depois eu quase nao pude acreditar no que os meus olhos liam: “Os Estados Unidos desocupam o Iraque”.  Eu pensei comigo: ah, até que enfim… e imediatamente fiz uma viagem ao passado, quando eu com Laura bebezinha no colo ( 11 de setembro/2001)  depois de ter atendido ao telefone, buscava 100% de concentracao para entender o que Jörg tentava me explicar sobre o que já havia ouvido no seu trabalho sobre o atentado  terrorista que chocou os americanos e todo o mundo. Acredito que a maioria das pessoas ainda têm na memória o incêndio e a destruicao do World Trade Center e do Pentagon, quando os avioes que segundo o governo americano estavam sob o comando de terroristas do El Kaida, ali frontalmente se chocaram.

Existe a controvérsia se realmente o grupo El Kaida é o responsável pelo drama ou se tudo foi armado estrategicamente pelo governo americano para justificar uma invasao ao território iraquiano, somente por razoes econômicas.

Fato é que munidos de “algumas verdades”:

  • Os terroristas tinham que “pagar” pelo sofrimento que causaram às vítimas do atentado de 11 de setembro;
  • Saddam Hussein, naquele tempo, o presidente do Iraque era o responsável indireto pela tragédia americana, pois supostamente protegia o El Kaida;
  • Saddam Hussein era um ditador exêntrico, do qual o povo iraquiano precisaria ser libertado, entao o caminho para a implantacao da democracia naquele país estaria aberto;
  • Sob o governo de Hussein, no Iraque além dos terroristas haviam também armas de guerras muito perigosas escondidas.

o governo americano – apoiado por outros países – em 20 de marco de 2003  invadiu o Iraque. Em seis semanas capturam e tomam cidade por cidade e deixam atrás de si rastros de alegria e ódio. Muitos iraquianos ficaram satisfeitos com a possibilidade de novas perspectivas de vida, muitos nao concordaram com a invasao de seu país e de suas vidas por soldados de países estranhos. Em 09 de abril daquele ano, a capital Bagdad é dominada e Hussein capturado, preso e condenado à morte. Estava claro, americanos e aliados ganharam a guerra e passaram a dar as ordens naquele país até a próxima eleicao, que “deveria” ser em moldes “democráticos” – o que ocorreu em junho de 2004.  Porém o resultado desta eleicao nao significou realmente sossego em território iraquiano, tanto é que lá permaneceram os soldados com a funcao de garantir  a “manutencao” da democracia, pela qual tantas vidas foram sacrificadas.

Enfim, depois de 7 anos e meio, os americanos podem voltar para casa, mas 50.000 soldados ainda permanecem no Iraque. Em 2011,  todos os soldados americanos estarao de volta à casa  e  Obama terá cumprido uma de suas promessas de campanha eleitoral já que, assim como eu, muitos americanos consideram esta guerra sem um real significado e sobretudo depois de mais de 7 anos as armas de guerras super perigosas que Saddamm Hussein havia escondido –  nao foram encontradas… ou seja, há motivos de sobra para se duvidar dos fundamentos de mais uma guerra estúpida….

Sem comentários.

Beijos.