À toda positiva essência feminina: uma homenagem

"...Amor é ferida que dói e não se sente..."

Princesas

Tenho certeza

por pura opção

que nós Mulheres

somos Princesas

desde que escrevíamos

em diários sem graça

e o escondíamos às pressas.

Descrevíamos nossos príncipes

e amores indiscretos.

Não nos tornamos rainhas

crescemos através de ladainhas

ao som de loucos piões rodopiando

nos tornamos tão somente humanas.

Rastejamos, corremos, voamos em velocidades

através de ideais, colados à verdades.

Admiramos Vicentinas, a calma

Subjugamos as dores na alma

nos deparamos em comoção

com as incertezas do coração.

Velejamos contra o vento forte

nos mares, oceanos singulares

carentes de toda sorte.

A febre latente

por gotas ardentes

paixões sem aguardentes.

Sim, a vida é surpreendente!

Não nos aguarda presente.

Que nos revelemos através de crias

simetrias, iguarias, vielas frias.

Nos resta o pulsar do toque genético

num malabarismo frenético.

Beijos e linda semana ainda!

Tags: , , , ,

2 Responses to “À toda positiva essência feminina: uma homenagem”

  1. Neusa diz:

    Obrigada querido Rubens pela sua visita e por escrever-me! Além do que você me incentivou a escrever neste formato… estou tentando e ousando!
    Grande abraco e ótimo fim de semana para você e sua doce família!

Leave a Reply

*